Cumprindo ordem de policiamento a fim de averiguar informações encaminhadas pelo Linha Verde (0300 253 1177), sobre crime ambiental em Itaperuna, no Noroeste Fluminense, policiais militares lotados na Unidade de Policiamento Ambiental do Parque do Desengano constataram a existência de uma área de 8 mil metros quadrados desmatada no distrito de Comendador Venâncio.

A ação ocorreu no último sábado (23), quando, além do desmatamento de árvores aparentemente nativas, de pequeno e médio porte, os agentes da 3ª UPAm informaram que com o auxílio das informações do Linha Verde, identificaram o manilhamento de um corpo hídrico de aproximadamente 100 metros de comprimento, aterrado em Área de Preservação Permanente. Quando questionado pelos militares, o responsável pelo terreno informou não ter as devidas licenças ambientais e com base nos artigos 48 e 60 da Lei de Crimes Ambientais, ele foi encaminhado à 143ª DP (Itaperuna), onde a ocorrência foi registrada.

Vale reforçar que no Norte e Noroeste Fluminense a população pode denunciar crimes ambientais ao Linha Verde, pelos telefones (21) 2253 1177 e 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda pelo APP “Disque Denúncia RJ” onde é possível enviar fotos e vídeos, sempre com a garantia do anonimato.