Infectado com a nova variante da Covid-19 morre no estado do Rio


Um homem de 55 anos, do município de Belford Roxo, faleceu após testar positivo para a variante brasileira do novo Coronavírus. A variante chamada de P1 é transmitida com maior facilidade. O óbito foi confirmado nesta terça-feira (17), em coletiva dos secretários de saúde do estado do Rio de Janeiro e do município de Belford Roxo.


A vítima é a quinta pessoa no estado do Rio a ser contaminada com uma nova variante da covid-19. A Secretaria Estadual de Saúde investigará o quadro clínico para identificar os impactos que a variante teve no organismo do indivíduo.

Ainda nesta terça-feira (17), o estado confirmou que foi detectada a variante britânica do novo Coronavírus em uma mulher de 36 anos de idade.


O vírus que mutou no Brasil foi identificado pela primeira vez na cidade de Manaus, capital do estado do Amazonas. Segundo especialistas, essa variante tem muito mais facilidade de ser transmitida, embora ainda não haja confirmações sobre a sua letalidade.


Ainda não há um estudo para que seja descoberta a origem da variante brasileira da covid-19 , segundo a fundação Fiocruz, apenas uma ampla investigação epidemiológica vai apontar a origem do vírus.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também

Burnout materno: quando as mães estão esgotadas

Fazendo um paralelo, nos Estados Unidos já se usa o termo Mommy Burnout, em português “esgotamento materno”, para se referir ao mesmo quadro de sintomas sentido pelas mães que vivenciam uma intensa rotina materna e doméstica.