Indústrias da Serra apresentam recuperação em 2019 e devem fazer novas contratações em 2020 A

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Apesar do quadro de lenta evolução em 2019, as indústrias de Petrópolis e Teresópolis registraram queda na atividade produtiva em setembro, como aponta a Sondagem Industrial do Rio de Janeiro, divulgada nesta segunda-feira (4/11) pela Firjan. O indicador recuou (45,8 pontos) após cinco meses consecutivos sem queda. Porém, apesar da oscilação registrada, a média de utilização da capacidade instalada no ano teve avanço (58,7), o que ratifica o processo de recuperação econômica local.

A condição financeira das empresas (44,0) segue deixando os empresários insatisfeitos. As indústrias continuam com dificuldade de acesso ao crédito (41,7) e a margem de lucro permanece baixa (39,7). No entanto, a média registrada este ano tem melhor resultado do que a observada no mesmo período de 2018 (37,5). Vale destacar que o cenário é melhor do que o observado no Estado.

Em contraste com a maioria das regiões fluminenses, os empresários das indústrias de Petrópolis esperam aumentar o quadro de funcionários no próximo semestre e se sentem confiantes quanto ao aumento da demanda por produtos (61,2) e matéria-prima (58,6). A análise mostra também que há perspectivas positivas por conta das vendas para o exterior (58,3).

Segundo o vice-presidente da Firjan Serrana, Valter Zanacoli, a possibilidade de novas contratações sinaliza que há recuperação econômica em processo: “A indústria poderá ter dias melhores nos próximos meses. Os resultados de meses anteriores já demonstravam isso e, é possível que esta melhoria se reflita na contratação de novos empregados, o que seria uma grande alegria para a indústria. É um processo que poderia ser menos dolorido e com menos prejuízos se as obras da nova subida da serra já tivessem sido concluídas”, ressalta.

Zanacoli destaca ainda o cenário econômico nacional que dá mais confiança após as reformas: “A confiança do empresário é baseada nas reformas estruturais que o Brasil vem encarando e que se mostram fundamentais para a melhoria do ambiente econômico do Estado e das nossas cidades. É uma medida que não agrada a todos, mas deve ser tomada”.

A Sondagem Industrial é um levantamento de opinião empresarial, que tem como objetivo identificar as situações passadas e expectativas futuras indústria de Petrópolis e Teresópolis. O documento completo está disponível no endereço https://bit.ly/2VKys7H.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.