Incêndio atinge Hospital Badim, na Tijuca

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Um incêndio de grandes proporções atingiu o Hospital Badim, na Tijuca, Zona Norte do Rio, no início da noite desta quinta-feira. A unidade de saúde é uma das mais conhecidas da região e é considerada referência em diversas especialidades. O incêndio teria começado em um gerador do prédio antigo do hospital, que passou por obras recentemente. Os pacientes foram levados às pressas para a calçada da rua e transferidos para o Hospital Israelita Albert Sabin, Hospital São Vicente de Paulo e para os hospitais da Rede D’Or.

O Corpo de Bombeiros registrou o primeiro chamado por volta das 17h50 e está combatendo as chamas desde então, com cerca de dez caminhões. No início, os pacientes do CTI 1 foram transferidos para a calçada da rua. Por volta das 19h40, os pacientes do CTI 2 começaram também a ser transferidos.

Houve muita correria e tensão durante o resgate. Segundo testemunhas, algumas pessoas inalaram fumaça e foram atendidos pelos militares em ambulâncias. Casos dramáticos também foram registrados, com familiares pedindo socorro a parentes. Colchonetes foram colocados na frente da unidade de saúde para receber os pacientes que estão sendo transferidos. Populares também estão ajudando no resgate.
Filha de um paciente, de 87 anos, conta que o pai desceu as escadas sozinho e foi levado para uma creche da região. Segundo ela, o senhor depende de um aparelho para sobreviver que ficou dentro da unidade.

“Meu pai precisa de um neuro-estimulador para sobreviver. Queria pegar no hospital, mas os bombeiros não deixaram”, lamentou.

Uma outra mulher, que trabalhava de acompanhante, tentava localizar a paciente que ela tomava conta. A cuidadora estava ao lado da sogra da doente. Elas queriam saber para qual hospital a senhora foi levada.

“Minha sogra estava acamada há cinco meses pois depende de uma sonda. É lamentável, pois ela deveria ter alta”. Uma síndica de um prédio vizinho distribuiu água para pacientes, vítimas e profissionais dos hospitais. Ela também emprestava cadeiras para os pacientes que estavam internados.

Um vídeo, postado na página Rio de Janeiro News, mostra a fumaça saindo do hospital.
Um usuário do Twitter gravou a movimentação na calçada, após o incêndio.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.