Idosos representam metade dos casos de diabetes tipo 2 no mundo

E o tratamento com pessoas dessa faixa etária pode ser bastante complicado.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Adultos acima dos 65 anos representam metade dos casos de diabetes tipo 2, em todo mundo. Cerca de 6% da população mundial sofre com a doença, mas é entre os idosos em que ela tem crescido cada vez mais. E o tratamento com pessoas dessa faixa etária pode ser bastante complicado.

Existem muitos procedimentos de ajuda, porém nesta idade é mais complicado por algumas razões: o controle do açúcar no sangue pode ser afetado, pois os órgãos do corpo já não funcionam tão bem quanto antes. Além disso, o indivíduo que enfrenta este problema, corre o risco de sofrer com um envelhecimento prematuro, que pode levar a outras doenças, como artrite ou demência.

A Alzheimer também pode ser desenvolvida, embora a ligação entre os dois ainda não seja totalmente entendida, tem sido sugerido que os níveis elevados de açúcar no sangue e a insulina que não funciona corretamente, podem ser uma das causas.

Tais condições impossibilitam qualquer tipo de tratamento normal em idosos que têm diabetes tipo 2. Fora que, o acesso precário a cuidados médicos adequados e o fato de a idade ser mais suscetível a ter o problema, dificultam ainda mais qualquer tipo de ajuda que essa pessoa pode receber.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.