O humorista Pedro Manso foi detido por porte ilegal de arma na tarde desta quinta-feira (28/3) em uma fazenda em Paty do Alferes, no Sul Fluminense. Segundo o delegado Alexandre Ziehe, de Petrópolis, responsável pelo Departamento Geral de Polícia do Interior (DGPI), um mandado de busca e apreensão foi cumprido na propriedade do humorista. A ação faz parte da operação realizada nesta quinta para prender “matadores”.

Durante as buscas, uma arma foi localizada na propriedade. Manso foi levado para 106ª DP, no distrito de Itaipava, na Região Serrana, onde será ouvido. A Polícia Civil ainda não deu detalhes, mas pelo menos mais 10 pessoas foram presas.

Em nota, a assessoria do humorista desmentiu a prisão e informou que Pedro Manso foi solicitado para depor e ajudar na busca de suspeitos na região onde o artista tem uma propriedade. Manso possui um pesque e pague no bairro Granja Califórnia, em Paty do Alferes. A nota diz que, por ser um local de acesso público, a polícia pediu depoimento de vários moradores, dentre eles o Pedro, para saber se viram alguns dos possíveis suspeitos na região.

Pela manhã, um policial militar foi encontrado em uma casa, onde foram encontradas munições de uso não autorizado.

A ação acontece em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, e tem alvos em Vassouras, Paty do Alferes e Valença, no Sul do Rio. Agentes da Corregedoria da Polícia Militar apoiam a operação com delegados de diversas delegacias do interior do Rio e um helicóptero participa das buscas em Paty do Alferes.

Crédito da foto: Reprodução da internet