Hospital Federal de Bonsucesso reabre para consultas e exames após oito dias fechado

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Depois de oito dias fechado, por conta de um incêndio que atingiu o prédio 1, o Hospital Federal de Bonsucesso, na Zona Norte do Rio, reabriu para atendimento aos pacientes que já estavam com consultas agendadas. Oito pessoas morreram por decorrência do acidente. A Polícia Federal ainda não divulgou o laudo da perícia.

Nessa fase, quatro prédios, as unidades 3,4,5 e 6 ficam reabertas para exames, consultas e outros serviços. O prédio atingido pelas chamas deve ser reaberto somente em 2021, após reformas. Na semana passada foi anunciado que os funcionários do HFB entrariam em férias coletivas.

Segundo a direção do HFB, os pacientes que já estavam agendados para esta quarta-feira serão atendidos normalmente. Já quem perdeu a consulta terá que remarcar uma nova data. Serviços de emergência, cirurgias, internações, hemodiálise e os exames de imagens seguem suspensos.

INCÊNDIO

O fogo que atingiu o prédio 1 do HFB começou no subsolo. As chamas se alastraram e atingiram o almoxarifado. Por conta do incêndio, a unidade precisou ser fechada e transferir em caráter emergencial todos os pacientes que estavam internados.

Nesta terça-feira a direção do hospital confirmou a morte do oitavo paciente. Trata-se de uma mulher de 61 anos, que estava internada no Centro de Emergência Regional do Leblon (CER-Leblon). Ao todo, foram oito óbitos confirmados, três no próprio hospital.

SAIBA QUEM SÃO AS VÍTIMAS

Marcos Paulo Luiz, de 39 anos
Núbia Rodrigues, de 42 anos
Mulher, de 83 anos, ainda não identificada
Mulher, 73 anos, ainda não identificada
Homem, 70 anos, ainda não identificado
Menina de 1 ano, ainda não identificada
Homem de 93 anos, ainda não identificado
Mulher de 61 anos, ainda não identificada

Fonte: ODIA

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.