Policiais da 14ª DP-Leblon, coordenados pela delegada Monique Vidal e supervisão da delegada plantonista Natacha Alves de Oliveira prenderam, na madrugada deste sábado (21), Renato Vasconcellos Fabrício, através de cumprimento de mandado de prisão temporária, pela prática de estupro de vulnerável contra pelo menos uma adolescente e duas crianças residentes na comunidade Cruzada São Sebastião, Leblon, atos que vinham sendo praticados reiteradamente ao longo do tempo.

No dia 19 deste mês, a mãe de duas adolescentes compareceu à sede policial do Leblon noticiando que sua filha de 16 anos, A.B.O.A., lhe relatou que Renato tentou estuprá-la na oportunidade em que foi buscar a irmã menor de 12 anos, A.C.O.A., na casa do autor na comunidade, onde lá costumava brincar com o filho pequeno do mesmo.

Ocorre que na noite deste sábado (20), essa irmã menor, acompanhada da mãe, relatou que em abril deste ano, o autor manteve conjunção carnal forçada com ela, tendo os abusos começados quando a mesma tinha oito anos de idade. O fato gerou comoção e revolta na comunidade e na madrugada deste sábado (21), um novo caso de estupro de vulnerável praticado por Renato contra uma menina de 11 anos foi noticiado por parentes (fato ocorrido em abril deste ano), possuindo a mesma dinâmica e modus operandi que os demais, visto que o autor era conhecido das vítimas e suas famílias e fruía de relativa confiança dos vizinhos.

Diante dos fatos, a delegada representou pela prisão temporária do autor, cujo decreto prisional foi deferido pelo plantão judiciário.

As delegadas afirmam que as investigações continuam, tendo em vista a possibilidade de haver outras vítimas do pedófilo, sendo certo que sua prisão incentivará, como já vem sendo feito, que tais vítimas saiam do anonimato e procurem a Polícia Civil.

 

Fonte: Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro