Uma mulher entrou na justiça contra seu ex-companheiro para pedir colaboração nas despesas dos animais que teriam adquirido juntos durante os 22 anos de união estável. De acordo com a decisão da 7ª Camara Civil, na cidade do Rio de Janeiro, o ex-companheiro deverá arcar com as despesas dos seis cães e uma gata no valor de R$ 150,00 cada um dos animais, totalizando R$ 1050 por mês.

O ex-companheiro alega que a mulher possui tutela exclusiva dos animais e diz não saber sobre a decisão judicial, que segue em segredo.

Segundo a advogada da mulher, a decisão é inédita não só no Rio de Janeiro, mas em todo o país.

O processo que foi aberto em uma cidade da Região Serrana do Rio, onde o casal morava, será sacramentado em primeira instancia, mas o homem poderá recorrer da decisão.