Tão certo quanto as praias lotadas e a grande movimentação de turistas na Região dos Lagos com a chegada do verão, é a diminuição das doações de sangue e a baixa no estoque do Hemolagos, em Cabo Frio. A unidade, que é o único hemocentro da Região dos Lagos, atendendo a nove municípios, está com o estoque três vezes menor do que o mínimo necessário.

De acordo com o diretor, Marcelo Alves, o local precisa receber no mínimo 14 doações diárias, mas atualmente recebe apenas cinco. “Há um aumento nas demandas dos hospitais por conta do grande número de pessoas na região, e uma queda nas doações porque a população local está trabalhando ou também aproveitando os atrativos da região”, explicou Marcelo.

Para ser doador é preciso ter entre 16 e 69 anos, no entanto, menores de 18 anos devem estar na presença de pais ou responsáveis. É necessário estar alimentado e munido de um documento oficial com foto. O doador deve apresentar boas condições de saúde, não pode ter se submetido à cirurgia recentemente, nem feito endoscopia ou tatuagem há menos de seis meses.

Homens podem doar sangue a cada 60 dias, no máximo de quatro vezes por ano. Já as mulheres a cada 90 dias, até três vezes ao ano. Em uma doação, são retirados de 400 a 450 mililitros de sangue, quantidade que o organismo de uma pessoa saudável repõe em no máximo 15 horas.

O Hemolagos está localizado na Rua Barão do Rio Branco, 72, na Passagem (ao lado do Hospital Santa Izabel). As doações podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h. A unidade atende as cidades de Cabo Frio, São Pedro da Aldeia, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Araruama, Iguaba Grande, Saquarema, Casimiro de Abreu e Rio das Ostras.

Fonte: Prefeitura de Cabo Frio