HAC anuncia reformas do setor de Urgência

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Setor de Urgência e Emergência do Hospital Alcides Carneiro (HAC) vai passar por reformas, a partir desta quinta-feira (29.10). As obras serão para adequar a unidade a uma metodologia reconhecida pelo Ministério da Saúde. O objetivo é criar um novo espaço para atendimentos mais rápidos de urgência e emergência, com fluxos mais dinâmicos. Durante o período das intervenções, os atendimentos serão referenciados na UPA de Cascatinha. A população está sendo informada da obra e da busca pela UPA pelas redes sociais, pela imprensa, em cartazes e faixas. A meta é que o direcionamento para a UPA Cascatinha ocorra de forma a garantir o rápido atendimento que requerem os casos de urgência.

A nova metodologia de gestão, que será adotada pelo setor de Urgência do HAC, é reconhecida pelo Ministério da Saúde, que, inclusive, patrocina o sistema em 20 hospitais em todo o Brasil. A ideia é implementar a metodologia, denominada “Lean nas Emergências”. O Lean trabalha para melhorar processos com base no tempo, assegurando fluxos contínuos e eliminando desperdícios.

“Pude visitar, neste ano, hospitais do interior de Goiás e de São Paulo e conheci este trabalho. É uma metodologia que trouxe muitos benefícios para estas unidades e que decidimos implementar no Hospital Alcides Carneiro. A ideia é fazer adequações de espaço e fluxo para gerar uma integração maior entre nossos colaboradores e processos”, disse o diretor técnico do HAC, Daniel Falcone.

O setor de urgência do HAC tem registrado, neste ano, o dobro do número de atendimentos do ano passado. Em 2018, a média mensal de atendimentos está em mais de 4 mil pacientes. No ano passado, a média não passou de 2 mil pessoas atendidas no local. A nova metodologia tem sido utilizada, principalmente, por unidades que registram este tipo de superlotação em atendimentos de urgência e emergência.

“Além das adequações de estrutura e fluxos queremos promover a reforma de outros espaços dentro do setor, como os banheiros e Sala de Procedimentos, para dar mais conforto para nossos acolhidos”, completa o diretor técnico do hospital.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.