O atleta que brilhou nas principais competições mundiais de natação conversará nesta segunda-feira (23), às 15h, com os atletas do FISU America Games, no Boulevard, situado no Centro de Treinamento do Comitê Paralímpico Brasileiro – CPB.

Gustavo conquistou quatro medalhas olímpicas e 19 pan-americanas. Ele é exemplo de motivação e foco dentro e fora da água. Em 2004, se despediu das piscinas e iniciou um novo projeto: o Método Gustavo Borges, que não só ensina crianças a nadar, como também torná-los seres humanos melhores e mais preparados. Hoje, ele roda o Brasil mostrando que talento e dedicação caminham lado a lado.

O bate papo com o nadador acontecerá no Boulevard dos atletas, espaço que conta com karaokê, fit dance, jogos de baralho, vídeo game, DJ, entre outras atrações. Ele está instalado no Centro de Treinamento do Comitê Paralímpico Brasileiro – CPB.

De acordo com o Diretor de Marketing da CBDU, Lucas Pontes, a aproximação com os atletas é uma preocupação da entidade. “Eles (atletas) são nosso principal alvo e essa é uma oportunidade única de se relacionar com eles”, ressalta Pontes.

Sobre o FISU America Games

O FISU AMERICA Games é o primeiro Pan-Americano voltado exclusivamente para o esporte universitário. Ao todo, 12 países serão representados por seus alunos- atletas na competição. Além do Brasil, disputam Estados Unidos, Canadá, Chile, Peru, Venezuela, Colômbia, Argentina, Costa Rica, Paraguai, Honduras, México e Uruguai. Com todas as delegações, entre atletas e comissão técnica, São Paulo receberá cerca de 1500 pessoas para a disputa. O evento é uma realização da Confederação Brasileira de Desporto Universitário e da Federação Internacional do Esporte Universitário, FISU América. A Federação Universitária Paulista de Esportes faz parte da co-organização dos jogos, que contam com o patrocínio dos Correios, dos Comitês Olímpico e Paralímpico Brasileiro e da Premiere PET. Entre os apoiadores estão Gym Pass, Super Bolla e Koch Tavares. Entre as modalidades disputadas estão atletismo, taekwondo, basquetebol, futebol, futsal, voleibol, judô, natação, tênis e tênis de mesa. A competição também é pioneira no paradesporto. Pela primeira vez, paratletas universitários representarão seu país em um evento internacional. Na categoria, o Brasil será representado por 129 alunos-atletas competindo nas modalidades tênis de mesa paradesportivo, atletismo paradesportivo e natação paradesportivo.

Crédito da foto: Reprodução da internet / Site Gustavo Borges