Guardas municipais do Grupamento Especial de Praia (GEP) prenderam em flagrante um médico boliviano, de 31 anos, na tarde de segunda-feira (20), por direção perigosa, em Botafogo, na Zona Sul. A equipe estava em deslocamento com a viatura, por volta das 13h, e ao passar pela Avenida Venceslau Brás foi abordada por um condutor que fez a denúncia, pois o médico havia batido em seu carro. Ao ser abordado pelos guardas, o homem fugiu dirigindo em alta velocidade, subindo em calçadas e em canteiros e também atingiu mais dois carros.

Os guardas conseguiram interceptar o veículo na altura do viaduto Pedro Álvares Cabral, na pista sentido Centro, na Praia de Botafogo. De acordo com os guardas, o médico estava visivelmente alterado e informou que havia consumido bebida alcoólica e ingerido remédios. O veículo dele também estava com avarias e sem o pára-choque.

Após a prisão, o médico foi conduzido para a 10ª DP (Botafogo), onde o caso foi registrado com base no artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), por conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência.

O médico já tinha outras passagens, incluindo uma por crime de trânsito, e se recusou a fazer exame no IML.

Fonte: Guarda Municipal do Rio de Janeiro

Crédito da foto: Divulgação / Ascom GM-Rio