Guarda Civil ministra curso de operação com cães na Cidade da Polícia

Convidada pela Polícia Civil, o grupamento de operação com cães de Petrópolis
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Grupamento de Operações com Cães, do canil Rufus Von Kru Gdorf, da Guarda Civil Municipal de Petrópolis participou nesta semana do 12º Curso da Coordenadoria de Recursos Especiais – CORE, da Polícia Civil do Rio de Janeiro. Os agentes petropolitanos ministraram, na Cidade da Polícia, uma etapa do curso de operações especiais. O convite partiu da Seção de Operações com Cães da CORE e mostra o reconhecimento do trabalho de excelência executado pela Guarda em Petrópolis.

“É um reconhecimento desse trabalho importante feito pelo grupamento com cães da nossa Guarda, que atuam em diversas frentes, como apoio à polícia no combate às drogas, segurança pública e até mesmo no trabalho de cinoterapia, que foi retomado neste ano no CTO (Centro de Terapia Oncológica), no apoio a pacientes com câncer. Essa integração é o reconhecimento de um trabalho muito sério desempenhado pela nossa Guarda, que recentemente completou 97 anos de vida”, avalia o prefeito interino de Petrópolis, Hingo Hammes.

Entre as técnicas ministradas na capital, a abordagem e ataques com cães. “Cada aluno participou individualmente com contato físico e aplicação de técnicas na utilização de cães, além da abordagem utilizando patrulha policial. Já a segunda instrução foi realizada em cenário urbano, representando as dificuldades encontradas em ambientes ‘hostis’”, informou o cinotécnico responsável pelo Grupamento de Operações com Cães da Guarda Civil e supervisor de Inteligência de Ações com cães, além de coordenador de Instrução K9 do curso de formação de Operações Especiais, Leandro Lopes, que destaca ainda que a instrução contou também com incursão em patrulhamento, identificação de suspeito e perseguição, utilizando técnicas policiais com os cães na imobilização.

Para ajudar nas simulações, o grupamento levou à Cidade da Polícia a cadela, da raça Pastor Belga Malinois, Bia. “Ela é um cão de proteção, que desempenhou suas tarefas com a supervisão dos Inspetores Dimas e De Carvalho juntamente com o Senhor Leandro Lopes Supervisor de Inteligência de Ações com cães Coordenador de Instrução K9 do curso de formação de Operações Especiais.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.