O último grupo a estrear no mundial deste ano foi o H, que é a única chave que não possui seleção vencedora de pelo menos uma edição da Copa do Mundo, sendo marcado pelo equilíbrio apesar dos prognósticos apontarem a Colômbia que foi a sensação da Copa de 2014 e a Polônia do artilheiro Lewandowski como favoritas.

A Colômbia começou sua caminhada contra o Japão, que foi eliminado precocemente na última edição onde também jogou contra os sul-americanos, a principal seleção asiática abriu o placar com Kagawa convertendo penalidade cometida pelo zagueiro Moreno que acabou expulso, Quintero chegou a empatar para os colombianos, só que os japoneses aproveitaram a vantagem numérica e marcaram o gol da vitória com Osako.

Polônia e Senegal foram as duas últimas seleções a estrearem na Rússia e quem levou a melhor foram os africanos, com contribuição brasileira, o zagueiro Thiago Rangel, naturalizado polonês marcou um gol-contra em favor de Senegal, Niang ampliou para os senegaleses, Krychowiak descontou para os europeus, neste grupo além das surpresas foi registrada a primeira vitória de uma seleção africana nesta edição do mundial.

(imagem FIFA)