Em Porto Alegre, uma multidão tricolor lotou a Arena do Grêmio, que recebeu mais de 55 mil pessoas, para a primeira das duas partida da final da Copa Libertadores da América, a maior competição futebolística do continente.

A partida entre Grêmio e Lanús, foi marcada por muitas divididas, arbitragem problemática e poucas chances de gol, o tricolor gaúcho demonstrou impeto e vontade de vencer a todo instante, mesmo parando na forte marcação do time argentino, que cozinhou o jogo e na primeira etapa levou perigo em alguns ataques, até mais que os donos da casa.

No segundo tempo, o Grêmio tomou conta do jogo, vendo as dificuldades, o Lanús optou em segurar o jogo, estratégia que acabou não dando certo, pois após uma bola cruzada na área o centroavante Jael cabeceou e Cícero resvalou o suficiente para fazer o gol da vitória do Grêmio, 1 a 0.

Com o resultado, qualquer empate ou nova vitória gremista, dará o tricampeonato para o tricolor, o Lanús para vencer a Libertadores, terá que ganhar por dois ou mais gols de diferença no tempo normal ou então pelo placar mínimo para levar o jogo para a prorrogação, vale lembrar que não há gol fora de casa na final da competição.

(imagem retirada do news 24 horas)