Em Lanús, na Argentina o Grêmio mostrou realmente ser um time copeiro, conforme canta sua torcida, não se intimidou com o acanhado e lotado estádio do ser adversário e venceu a partida com autoridade pelo placar de 2 a 1, que somada a vitória obtida em Porto Alegre, na Arena Grêmio, deu 3 a 1 para o time brasileiro.

O Grêmio confirmou o título ainda na primeira etapa, jogando bem e impedindo que o Lanús exercesse qualquer pressão sobre seu time, aos 26 minutos do primeiro tempo Fernandinho arrancou desde o setor defensivo e chutou forte abrindo o placar da decisão, 15 minutos mais tarde, Luan em grande jogada passou por três marcadores e tocou por cima do goleiro Andrada, ampliando a vantagem tricolor.

Na etapa complementar, o Lanús partiu ao ataque pois precisava de pelo menos dois gols, conseguiu 1, com o centroavante Sand que terminou a competição como artilheiro, ainda neste tempo o volante gremista Ramiro acabou expulso, por reclamação acintosa ao ser advertido com o cartão amarelo.

No final o tricolor gaúcho fez a festa com sua torcida na Argentina e o Rio Grande do Sul se transformou num verdadeiro mar azul, com muitos torcedores nas ruas comemorando a conquista continental, que levará o time a disputar o mundial de clubes, que nesta temporada será disputado nos Emirados Árabes, em Abu Dabhi, o time já foi campeão do mundo em 1983 e vice em 1995, agora tentará o bi mundial.

(imagem retirada do site Goal.com)