Governo Federal garante a liberação de verba emergencial para a Posse e Caxambu em maio O prefeito Bernardo Rossi esteve em Brasília reunido com o ministro da Integração Nacional, Antônio Pádua de Deus Andrade, que garantiu a transferência do valor

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O ministro da Integração Nacional, Antônio Pádua de Deus Andrade, garantiu que a liberação de R$ 4,5 milhões para atender emergencialmente as áreas do Caxambu, Independência e Posse acontece em maio. Em reunião na tarde desta quarta-feira (25.04) em Brasília, o prefeito Bernardo Rossi reforçou a importância do envio de recursos federais para a recuperação de áreas atingidas pelas chuvas na cidade. O município aguarda a transferência do valor que foi autorizado em portaria publicada pelo governo federal no dia 20 de março.

A prefeitura já estabeleceu em um plano de trabalho as ações emergenciais necessárias nestes locais. Os recursos serão aplicados na limpeza de córrego e das galerias e redes de drenagem do município, recuperação de vias pública e proteção de encostas. O preenchimento de dados no Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID) foi concluído em 10 dias e o plano de atividades aprovado integralmente.

“A prioridade é restabelecer os acessos aos moradores em sua maioria agricultores rurais que precisam escoar produtos. Com o apoio do governo federal, vamos trabalhar em duas frentes: fazendo a recomposição dos locais atingidos pelas chuvas e trabalhando pelos investimentos em prevenção”, pontuou o prefeito Bernardo Rossi.

A Defesa Civil, órgão ligado ao Ministério da Integração Nacional, foi representada pelo coronel Paulo Renato Vaz, à frente da pasta na cidade. A prefeitura busca também a liberação dos recursos solicitados para reconstrução das áreas atingidas pelas chuvas em 2016 no valor de R$ 13,7 milhões. “O foco da nossa gestão é na redução do risco de desastres. Por conta disso, estamos investindo fortemente em prevenção e estas obras fazem parte do que almejamos para Petrópolis: uma cidade segura e com áreas preservadas”, aponta o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias.

Desde janeiro de 2017 a atual gestão articula com o governo federal a liberação de recursos para realização de intervenções para preservar vidas. São 67 projetos apresentados aos ministérios da Integração Nacional e das Cidades, entre novas intervenções e pedido de conclusão das já iniciadas, como o PAC das Encostas.

Ao Ministério da Integração Nacional, a cidade apresentou 23 propostas de obras de contenção de encostas, drenagem, recuperação de muros, reconstrução de pontes, entre outras, em Quitandinha, Floresta, Estrada da Saudade, Cascatinha, Retiro e Posse.

“A linha de trabalho da nossa gestão será mantida, com a prefeitura priorizando a merenda, os medicamentos, o médico no posto de saúde, o pagamento do funcionalismo em dia, e buscando ao mesmo tempo o investimento do governo federal, que tem sido um enorme parceiro do município em todos os setores”, ressalta o prefeito Bernardo Rossi.

O vice-prefeito Baninho e os secretários de Defesa Civil e Ações Voluntárias, Paulo Renato Vaz; de Obras, Ronaldo Medeiros e o coordenador de Gestão Estratégica, Roberto Rizzo, também acompanharam a reunião com o ministro da Integração Nacional.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.