Governo do Estado promove Circuito Fluminense de Economia Solidária

O evento será realizado em Petrópolis, na região Serrana do Rio de Janeiro, e levado a outras cidades fluminenses até o fim do mês
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Trabalho e Renda, vai promover, nos dias 3 e 4 de dezembro, o Circuito Fluminense de Economia Solidária, que reunirá diversos empreendimentos produtivos coletivos de agricultores familiares, produtores rurais, artesãos e artistas, representando diferentes formas de geração de emprego e renda. O evento será realizado em Petrópolis, na região Serrana do Rio de Janeiro, e levado a outras cidades fluminenses até o fim do mês.

– Incentivar a economia solidária é estimular formas inovadoras de geração de emprego e renda para a população, além de promover a inclusão social ao integrar produtores, vendedores e compradores. É um meio de melhorar a qualidade de vida das pessoas, além de contribuir para a sustentabilidade e a preservação do meio ambiente – explica o governador Cláudio Castro.

Existem, hoje, no Rio de Janeiro, cerca de 1.200 empreendimentos de economia solidária e mais de 80 mil pessoas envolvidas diretamente, movimentando a economia do estado através da produção e da venda de produtos.  

A Secretaria de Trabalho e Renda, através da Coordenadoria de Economia Solidária e Comércio Justo, vem trabalhando para promover ações de incentivo a empreendimentos do setor, com valorização das características regionais, visando a geração de trabalho e renda  dentro dos princípios de autogestão, distribuição igualitária de renda, cooperação, solidariedade e respeito ao meio ambiente.

– Estimular a produção de eventos como esse é valorizar as diferentes formas de economia e trabalho que existem e que são tão importantes para movimentar o nosso estado e promover o crescimento do emprego, em suas variadas formas – disse o secretário de Trabalho e Renda, Patrique Welber

Em Petrópolis, o evento contará com cerca de 30 barracas para exposição e venda de produtos artesanais, orgânicos, frutas, legumes e gastronomia artesanal, entre outros, de forma que os trabalhadores locais possam escoar sua produção e movimentar a economia do município.

Além de disponibilizar toda a estrutura para a realização da feira, a Secretaria de Trabalho e Renda também colocará uma equipe técnica do Sine para atendimento ao público visitante,  oferecendo seus principais serviços de intermediação de mão de obra e esclarecimento de dúvidas sobre seguro-desemprego e carteira de trabalho digital.

Depois de Petrópolis, a próxima cidade a receber o Circuito será Nilópolis, na Baixada Fluminense. Em todos os eventos, a secretaria tem fechado parcerias com órgãos e instituições locais.

Agenda

Petrópolis
Datas:
– 3 de dezembro, das 11h às 18h
 – 4 de dezembro, das 10h às 18h
Local: na Praça Visconde de Mauá, em frente à Câmara Municipal de Petrópolis

Nilópolis
Data: 12 de dezembro, das 09h às 17h
Local: Mirandela – Praça dos Estudantes até Pracinha Wallace Paes Leme.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.