Minervino Junior/CB/D.A Press

Governo do Estado não repassa vacina para o Município com regularidade, diz Secretaria de Saúde de Petrópolis

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Uma mãe, há dois meses, tenta vacinar sua filha para imunizar contra difteria, tétano e coqueluche. Segundo ela, tentou levar sua filha em todas as unidades de saúde do Município e a informação passada é de que a Vacina DTP, também chamada de tríplice bacteriana, estaria em falta e sem previsão para chegar nos postos de Petrópolis.

A informação sobre a falta da vacina nos postos foi confirmada pela Secretaria de Saúde do Município de Petrópolis que acusa o Governo do Estado pela irregularidade na distribuição.

A falta da vacina é de âmbito nacional. O município não está recebendo o repasse do Governo do Estado com regularidade. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, o fornecimento será normalizado a partir da semana que vem“, diz a Secretaria de Saúde.

O Ministério da Saúde informa que está regularizando a distribuição das vacinas. “O Ministério da Saúde esclarece que a situação da vacina DTP está sendo regularizada neste mês de março, com o envio de 607 mil doses aos estados, o que corresponde a 100% da cota mensal estadual. O estado do MS recebeu 11,5 mil doses da vacina. Em 2018, foram encaminhadas 6,1 milhões de doses para todo o país. Cabe ressaltar que a responsabilidade de entrega aos municípios é das secretarias estaduais de saúde“, informa o Ministério da Saúde.

Até a publicação desta matéria o Governo do Estado do Rio de Janeiro não havia respondido nossos questionamentos sobre o assunto.

(Atualizado em 18h48)

Crédito da foto: Minervino Junior/CB/D.A Press

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.