Governo do Estado concede incentivo de R$ 2,6 milhões para projetos culturais

Produções vão levar música, audiovisual, gastronomia e capacitação à população do EStado do Rio.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa autorizou a concessão de benefício fiscal para quatro projetos culturais por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. Ao todo, as ações receberão R$ 2.466.396,86 para a realização de suas produções, sendo que obrigatoriamente as empresas patrocinadoras terão que destinar R$ 493.279,37 para o Fundo Estadual de Cultura.

Foram contemplados com parecer favorável publicado em Diário Oficial a série documental “Gambiarras Perigosas”, o festival gastronômico “Raízes”, o projeto “Orquestra de Campos” e o “Ciclo de Oficinas Culturais Vasco da Gama”.

– A utilização da nossa Lei de Incentivo à Cultura no ano passado foi fundamental para ajudar na democratização do acesso aos recursos da pasta. Tivemos em 2020 um aumento de 40% nos projetos do interior, e este ano nossa meta é ampliar e democratizar ainda mais, pensando na retomada cultural em todo território fluminense – afirmou a secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa, Danielle Barros.

Projetos contemplados

A liberação da verba permitirá a finalização da série de suspense “Gambiarras Perigosas”, que conta histórias de pessoas que morreram de forma trágica e surpreendente em acidentes relacionados à energia elétrica. A cada episódio, a série traz a combinação perfeita de um programa investigativo, emotivo e cheio de entretenimento, relatando as tragédias por meio de depoimentos de pessoas que estiveram envolvidas nestes casos, como familiares das vítimas, policiais, médicos, testemunhas e outros envolvidos nestas gambiarras fatais. O valor incentivado para essa produção, que conta, além da Secretaria, com o patrocínio da Enel, ficou em R$ 318.417,86.


Outro projeto beneficiado foi o festival gastronômico “Raízes”, que se concretizará na cidade de Niterói no formato híbrido, com stands de expositores, aulas, shows e palestras. O evento conta com dois dias de realização e entrada gratuita para todos os públicos. O valor do incentivo para essa iniciativa ficou em R$ 349.580,00, patrocinado pela Secretaria e a Enel.


O projeto “Orquestra de Campos”, patrocinado também pela Secretaria e a Enel, propõe a itinerância em cidades da região do Norte Fluminense do Estado do Rio com a Orquestra Sinfônica Mariuccia Iacovino, um dos grupos orquestrais do projeto de inclusão social por meio da música “Orquestrando a Vida”, que possui a sua sede em Campos de Goytacazes. A iniciativa inclui concertos gratuitos para comunidades de forma a atrair novas plateias para a música de concerto, em regiões carentes de projetos e atividades culturais com apresentações em cinco municípios do estado: Campos dos Goytacazes, Conceição de Macabu, Itaperuna, Macaé e Quissamã. O valor destinado é de R$ 300.000,00.


Foi autorizado também o incentivo ao projeto “Ciclo de Oficinas Culturais Vasco da Gama”, que realizará um programa de oficinas culturais de alta qualidade na sede do clube, em São Januário, com foco no audiovisual, música e dança, com patrocínio da Secretaria de Cultura e da Tim. Serão implantados quatro containêres, que atenderão as atividades da seguinte forma: dois contarão com mesas e cadeiras com computadores para oficinas de audiovisual; e dois terão finalidade multiuso e isolamento termoacústico. Também será construído um anfiteatro para apresentação dos alunos e para dias de oficinas em espaço aberto.


O público-alvo são jovens de 12 a 24 anos moradores das redondezas, estando em sua maioria em situação de vulnerabilidade social, além de mulheres a partir de 18 anos para uma capacitação em arte, tecnologia e empoderamento digital com o total de 280 alunos atendidos em todo projeto. Toda a ação foi contemplada com R$ 1.498.399,00.

Fonte: Ascom Governo do Estado do RJ

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Lei estimula empreendedorismo feminino no Estado do Rio

O objetivo é transformar as mulheres em líderes empreendedoras e estimular a elaboração de projetos como forma de viabilizar alternativas de trabalho e renda, além de estabelecer diretrizes para a criação de políticas públicas estaduais que possam gerar desenvolvimento econômico ao estado.

Comentários estão fechados.