Governador visita área de futuro empreendimento vitivinícola em Areal

As obras vão gerar 150 empregos diretos e indiretos em Areal. Quando o empreendimento estiver pronto, serão 40 postos de trabalho.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O governador em exercício, Cláudio Castro, acompanhado de secretários de governo, visitou no sábado (10), em Areal, região Centro-Sul Fluminense, a área onde será implantado o primeiro condomínio vitivinícola do Rio de Janeiro. No local, haverá produção de oito variedades de uvas finas, entre elas Cabernet Franc, Carbenet Sauvignon, Merlot, Pinot Noir e Malbec. 

As obras vão gerar 150 empregos diretos e indiretos em Areal. Quando o empreendimento estiver pronto, serão 40 postos de trabalho. 

– Investimentos que diversificam a economia, gerando emprego e renda, são fundamentais para o desenvolvimento no estado. Este empreendimento ganhará ainda mais importância após a pandemia, já que o turismo será um elemento-chave na retomada do crescimento do Rio de Janeiro – afirmou Cláudio Castro.

O empreendedor do ramo imobiliário Bernardo Eloy enxergou potencial da região e contou que a ideia é focar na temática italiana, reproduzindo uma Vila Toscana na área rural de Areal. 

– Nossa ideia é construir também um hotel-boutique, capela, spa, vinícola com degustação e promover visita as áreas de armazenamento e produção dos vinhos – disse

Irmão e parceiro de trabalho, José Carlos Eloy acrescentou que a vinícola vai fomentar o turismo na região. 

– O local será uma referência no interior do estado. As pessoas poderão passar férias, passear, aproveitar as belezas da região e apreciar os vinhos – disse. 

Também no sábado, o governador em exercício, Cláudio Castro, visitou a central de monitoramento de Areal, acompanhado do prefeito Gutinho Bernardes.

Fonte: Divulgação

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Faetec: inscrição está aberta para profissional bolsista e outros cursos

Os interessados em realizar um curso profissionalizante podem se candidatar ao edital Qualificação Profissional (voltado para quem possui, no mínimo, Ensino Fundamental incompleto), ou ao edital de Técnico de Nível Médio (destinado para quem está no ato da matrícula cursando o segundo ou terceiro ano do Ensino Médio).

Comentários estão fechados.