Governador Cláudio Castro sanciona lei que proíbe piercings e tatuagens em animais

A partir de agora, quem for flagrado cometendo os maus-tratos vai responder na Justiça com pena de até três anos de prisão.

O Governador em exercício Cláudio Castro sancionou uma lei que proíbe tatuagens e piercings em animais domésticos e silvestres. A partir de agora, quem for flagrado cometendo os maus-tratos vai responder na Justiça com pena de até três anos de prisão.


A lei sancionada protege a saúde dos animais, pois existem riscos durante a sedação e há possibilidade de infecções durante o processo de cicatrização, além de ocorrer queimaduras e irritações crônicas.


Em relação aos piercings, além do estresse a chance de acidentes em animais ao prender o objeto em superfícies, podendo causar lacerações, ou mesmo agravar ferimentos em situação de conflitos com outros animais. Além do perigo do animal se machucar sozinho ao retirar o adorno por incômodo, desconforto ou dor.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também