O Vitória mal começou seus compromissos de 2020 e já tem uma enorme preocupação. Durante a partida contra o Fortaleza, pela estreia na Copa do Nordeste – que acabou em 0x0, neste sábado (25), no Barradão -, o goleiro Martín Rodríguez sentiu dores após um lance com Carleto e pediu substituição.

Após o fim da partida, o departamento médico do Leão afirmou que o jogador tem suspeita de rompimento do ligamento cruzado anterior do joelho, uma lesão considerada grave. Segundo Luís Felipe Fernandes, médico do Leão, o prazo de recuperação é de seis a nove meses.

“Ele pisou no pé de Carleto, falseou e torceu o joelho. Tentou continuar e logo depois sentiu outro falseio. Examinamos e ele tem um quadro sugestivo de ruptura de ligamento no joelho direito”, disse Fernandes, em entrevista coletiva.

Na próxima segunda-feira (27), Martín passará por exames de imagem para confirmar a lesão. A única opção do técnico Geninho, na atual equipe, é Ronaldo. Dá para improvisar com Lucas Arcanjo, promovendo o jogador do sub-23 para o elenco principal. Mas, para o treinador, o Vitória terá que se voltar ao mercado.

“Existe a possibilidade da lesão ser mais complicada. Se for isso, o Vitória precisará de outro goleiro”,  afirmou Geninho, em coletiva.

Fonte: Política Bahia

Crédito da foto: Leticia Martins / EC Vitoria