Foto: Reprodução da Internet

Goleiro Bruno tem prisão decretada por atraso no pagamento de pensão

O decreto foi expedido pela justiça de Cabo Frio.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Foi decretada pela justiça de Cabo Frio, Região dos Lagos do estado do Rio de Janeiro, a prisão do goleiro Bruno por atraso na pensão alimentícia do filho que teve com a modelo Eliza Samudio, morta no ano de 2010.

No momento, o goleiro acusado de ordenar o assassinato da modelo, atua pelo clube Atlético Carioca, de São Gonçalo, resolveu recentemente entrar no ramo do empreendedorismo, abrindo uma loja de açaí na cidade de São Pedro da Aldeia, vizinha de Cabo Frio.

Atualmente, Bruno ainda cumpre sua pena em regime aberto pelo assassinato de Eliza Samudio, ocorrido no ano de 2010. Em maio deste ano, ele chegou a ter a prisão decretada pela Justiça de Mato Grosso do Sul, também por atraso no pagamento da pensão do filho.

O futebolista ainda responde um processo por uma dívida de R$ 3 milhões em pensão para o filho Bruninho, desde o seu nascimento. O caso ainda corre na Justiça.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.