Por Marcelo Magon

Tendo o comediante Seth Meyers como apresentador, a cerimônia realizou-se ontem, domingo (7), em Los Angeles, e foi marcada por diversos discursos femininos contra o assédio sexual e em favor da igualdade de gênero em Hollywood. Ainda no tapete vermelho os protestos começaram, reflexo das dezenas de acusações de estupro contra o produtor Harvey Weinstein, Kevin Spacey e Dustin Hoffman. Atrizes vestiram preto para protestar, atores usaram broche para apoiar um fundo criado por atrizes em apoio às vítimas de abuso, o Time’s Up, e a atriz Natalie Portman lembrou que o Globo de Ouro não indicou nenhuma mulher para a categoria de melhor diretor.

No início da cerimônia, após o habitual bom humor do anfitrião, Nicole Kidman recebe o prêmio de melhor atriz em minissérie ou telefilme por “Big little lies”. No decorrer da festa vemos filmes favoritos como “Corra!” e os dramas “Me chame pelo seu nome” e “Dunkirk” saíram sem nenhum prêmio. Atores como Hugh Jackman, que concorria por “O Rei do Show“, saíram sem serem agraciados também.

O grande discurso da noite foi mesmo de Oprah Winfrey, homenageada com o prêmio Cecil B. DeMille, a ponto de no dia seguinte já abrirem uma petição para que ela se torne a presidente dos Estados Unidos. Ela emocionou dizendo:

“Quero que todas as garotas assistindo aqui, agora, que saibam que um novo dia está no horizonte. E que quando este novo dia finalmente chegar, será por causa de muitas mulheres magníficas, (…) e algum homens fenomenais, lutando duro para ter certeza de que elas se tornem as líderes que nos levem a um tempo em que ninguém jamais tenha de dizer ‘Eu também’ novamente”.

Confira abaixo a lista completa dos vencedores:

– CINEMA
. Melhor filme de drama
“Três anúncios para um crime”

. Melhor filme de comédia
“Lady Bird”

. Melhor direção
Guillermo del Toro

. Melhor atriz em drama
Frances McDormand, “Três anúncios para um crime”

. Melhor ator em drama
Gary Oldman, “O destino de uma nação”

. Melhor atriz em comédia
Saoirse Ronan, “Lady Bird”

. Melhor ator em comédia
James Franco, “O artista do desastre”

. Melhor atriz coadjuvante
Allison Janney

. Melhor ator coadjuvante
Sam Rockwell, por “Três anúncios para um crime”

. Melhor roteiro
Martin McDonagh (“Três anúncios para um crime”)

. Melhor canção
“This is me”, de “O rei do show”

. Melhor trilha sonora
Alexandre Desplat, “A forma da água”

. Melhor animação
“Viva: a vida é uma festa”

. Melhor filme estrangeiro
“Em pedaços” (Alemanha / França)

 

– TELEVISÃO
. Melhor série de drama
“The handmaid’s tale”

. Melhor série de comédia
“The marvelous Mrs. Maisel”

. Melhor atriz em série de drama
Elisabeth Moss, “The handmaid’s tale”

. Melhor atriz em série de comédia
Rachel Brosnahan, “The marvelous Mrs. Maisel”

. Melhor atriz em minissérie ou telefilme
Nicole Kidman, “Big little lies”

. Melhor atriz coadjuvante
Laura Dern

. Melhor ator em série de drama
Sterling K. Brown, “This is us”

. Melhor ator coadjuvante
Alexander Skarsgard, “Big little lies”

. Melhor ator em série de comédia
Aziz Ansari

. Melhor minissérie ou telefilme
“Big little lies”

. Melhor ator em minissérie ou telefilme
Ewan McGregor, “Fargo”

 

SOBRE O COLUNISTA

Marcelo Magon é Bacharel em Pintura pela Escola de Belas Artes da UFRJ, artista plástico, caricaturista, cartunista, ilustrador e ator. Participa ativamente do mercado cultural do Estado do Rio de Janeiro há 25 anos em publicações e em eventos em geral com caricaturas ao vivo, exposições de cartuns e HQs. Formou-se na Escola de Teatro Martins Penna como ator, e a partir daí virou um estudioso da sétima arte, participando de várias oficinas e cursos sobre cinema. Trabalhou ao longo dos anos em diversas agências de publicidade e propaganda, além de várias editoras, incluindo a EDIOURO e a Editora AKS em que desenvolveu a série “Cruzadinhas pela HISTÓRIA” , dentre outras publicações infanto juvenis. Como artista plástico, depois de participar de várias coletivas como artista plástico, lança em 2013 sua primeira exposição individual “Medidas EXTREMAS” na Sala de Cultura Leila Diniz.Em 2014 foi curador da exposição “Humor no Solar – O Palco em Caricaturas” no Solar de Botafogo. É o criador e administrador do grupo “Cinéfilos RJ” no Facebook e atualmente leciona Artes em diversas unidades do SESC no Rio de Janeiro.


A direção do Portal Giro não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.