Foto: Wanderbeg Belém

Garoto de 11 anos adota praça e planta mais de 30 árvores em um mês

O sonho dele é ter um espaço arborizado, onde a população possa aproveitar a sombra de cajueiros, mangueiras e outras árvores tão comuns pela região.

Emerson Duarte, de apenas 11 anos, iniciou há um mês o plantio de mudas de árvores frutíferas em uma praça no Ceará e já cultivou 30 árvores. O menino carrega baldes de lá pra cá, para regar as plantas, porque a praça não tem sistema de abastecimento de água.

O sonho dele é ter um espaço arborizado, onde a população possa aproveitar a sombra de cajueiros, mangueiras e outras árvores tão comuns pela região.

Ele quer ver a cidade que mora, Iguatu, no interior do Ceará, mais arborizada e diz que vai levar o projeto para outras áreas públicas.

A primeira praça escolhida por Emerson fica na periferia de Iguatu, no entorno da igreja do bairro João Paulo II. Lá é possível ver, diariamente, o menino regando as plantas, remexendo na terra e cuidando do espaço.

“Ele parece respirar árvores, eu acho que ele dorme nas plantas, porque não tem condição. Na casa dele, é muita planta. Aqui na praça, quando ele chega, se ele vê uma planta machucada ou uma criança puxando, ele vai lá, reclama”, explica Carlos Henrique, morador de Iguatu e grande apoiador de Emerson.

Guardião das Plantas

Emerson tem recebido pequenos incentivos. O menino contou que um dos moradores do bairro fez suportes de ferro para colocar garrafas plásticas. A engenhoca tem facilitado o trabalho do estudante para manter as plantas sempre molhadas.

Devido ao carinho e cuidado que Emerson tem com o pequeno projeto, ele ganhou o apelido de Guardião das Plantas.

“Quero que o prefeito coloque um cestinho de lixo. Em cada praça que eu vou tem um, e eu quero que ele coloque não só na praça, mas em toda a cidade. Porque quem limpa sou eu e a equipe (moradores que ajudam com a jardinagem)”, explica a criança.

A prefeitura de Iguatu reconheceu a importância do trabalho do Emerson e garantiu que, ainda em abril, vai colocar as lixeiras no local.

Fonte: Só Notícia Boa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também