Futebol de campo encerra a programação do Jems

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O futebol de campo foi a última modalidade em disputa dentro dos Jogos Estudantis Municipais (Jems). As partidas que encerraram a programação aconteceram no Estádio Atílio Marotti, o popular Campo do Serrano, na quinta-feira (05.10). Neste ano, 22 escolas participaram da competição que teve como novidade um ônibus disponibilizado pela Secretaria de Educação para buscar os atletas nos colégios e levá-los para os locais de disputa. Mais de mil alunos participaram da competição.

O Jems aconteceu em duas categorias: sub-13 e 15. As modalidades em disputa foram oito, sendo cinco coletivas: basquete, futebol de campo, futsal, handebol e vôlei; e três individuais: judô, tênis de mesa e xadrez. O superintendente de Esportes e Lazer de Petrópolis, Hingo Hammes, explica a importância do esporte, que é um instrumento para o desenvolvimento humano e de inclusão social.

“Mais que contribuir para a formação de algum atleta de alto rendimento, o esporte é sinônimo de bem-estar, disciplina e saúde. Neste ano conseguimos uma grande conquista, que é um ônibus disponibilizado pela Secretaria de Educação que deixam os jovens nos locais dos jogos. A prefeitura está trabalhando em conjunto para oferecer todo o suporte necessário para as escolas e também para os alunos”, disse Hingo.

Ao longo do ano o esporte estudantil movimentou a cidade. Na semana passada, terminaram os Jogos Estudantis Unificados de Petrópolis (Jeups). Ao todo, 41 escolas participaram da competição, que contou com 2.186 atletas inscritos e somou 242 horas de jogos. Nos esportes coletivos, foram 394 partidas em 40 dias de competição, somando 47 categorias diferentes, entre coletivas e individuais.

“Neste momento da vida, o esporte é fundamental. Os jovens garantem mais qualidade de vida, além da inclusão social dessas crianças. Ao todo, o Jems e o Jeups reuniram mais de três mil alunos, o que é um número bastante significativo para a nossa cidade”, afirma Hingo.

Transporte para os atletas no Jems é elogiado

A disponibilização de um ônibus da Secretaria de Educação para buscar as crianças nas escolas e levá-las até o local dos jogos recebeu elogios dos responsáveis pelas equipes.

“Foi excelente a medida da prefeitura. Dessa maneira não temos mais desculpa que o aluno não chegou porque não teve como ir. Já perdi partidas por falta de atletas nos anos anteriores e neste ano ficou tudo mais fácil”, disse Luciano Campos, treinador da Escola Germano Valente (Comac), uma das instituições que fez uso do transporte.

O secretário de Educação, Anderson Juliano, explica que a medida foi tomada para facilitar a vida dos alunos. “A nossa preocupação foi a segurança e conforto das crianças. O transporte garantido deixa os responsáveis mais tranquilos. Estamos muito felizes com a participação dos alunos da rede nos jogos. A atividade física é essencial para a saúde e o desenvolvimento desses jovens”, afirma.

 

 

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.