Foto: Divulgação/PMI

Frota escolar de Itatiba ganha mais um ônibus com acessibilidade

Novo veículo é o terceiro que chega para atender alunos cadeirantes e com baixa mobilidade. Dois foram recebidos do Governo do Estado e um adquirido com verba municipal
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Itatiba conta com três novos ônibus escolares com acessibilidade, integrados à frota neste ano de 2022. O mais recente é o segundo recebido via Governo do Estado de São Paulo, que foi entregue na última semana, quando a secretária de Educação, Sueli de Moraes Tuon, recebeu as chaves das mãos do secretário estadual de Educação, Hubert Alquéres, na capital paulista em 08/09.

O primeiro ônibus escolar que Itatiba recebeu neste ano do governo estadual veio em junho. Ambos são investimentos do Governo do Estado de São Paulo em Itatiba, com valor de cerca de R$ 720 mil. E, no final de agosto, a Secretaria de Educação de Itatiba também conquistou mais um ônibus escolar com acessibilidade, este comprado com recursos da Prefeitura.

“Recebemos do governo estadual dois ônibus adaptados e um veio com recursos próprios. Isso é muito importante, porque são esses veículos que ampliam o acesso da criança à participação das aulas nas escolas. De certa maneira, a aprendizagem fica facilitada, porque as crianças com alguma deficiência ou mobilidade reduzida passam a frequentar as escolas com estes ônibus especializados”, salientou a secretária Sueli, ressaltando o conforto e a segurança.

Atendimento ao aluno

Os três ônibus têm equipamentos como cadeira ou plataformas elevatórias, para que alunos cadeirantes e com baixa mobilidade possa ser atendidos com mais segurança no embarque e desembarque. “Estamos cada vez mais buscando essas soluções para que a gente possa atender os alunos da melhor forma possível, para que cheguem às escolas com segurança”, frisou.

A Secretaria de Educação agora realiza um estudo sobre quais itinerários os novos escolares farão, devendo substituir alguns hoje em uso. “Leva-se, agora, cerca de um mês para que a documentação e o emplacamento fiquem prontos e aí eles possam circular”, contou a secretária.

Os três ônibus somam investimento aproximado de R$ 1 milhão. “É um investimento necessário e importante”, salientou Sueli.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.