Fortes pancadas de chuva em quase todo o país nesta sexta

Nebulosidade sobre o Brasil

O ar quente e úmido predomina sobre o Brasil, como é comum nesta época do ano. A combinação de umidade elevada, temperatura alta e a circulação de vento em vários níveis da atmosfera formam grandes áreas de nuvens carregadas sobre muitos estados do país. Estas nuvens provocam fortes pancadas de chuva e ventos fortes.

O ar seco avança sobre o Rio Grande do Sul e predomina também sobre o Nordeste deixando essas áreas com pouca nebulosidade.

Previsão do tempo para 8/1/2021 – sexta-feira

Na Região Sul do Brasil, a sexta-feira é com sol e aumento de nuvens, com pancadas de chuva e raios à tarde e à noite. Chove a qualquer hora no oeste e leste do Paraná. Há risco de chuva forte no Paraná e em Santa Catarina, incluindo as capitais Curitiba e Florianópolis .

O Rio Grande do Sul tem uma sexta-feira com sol forte e bastante calor. Só há previsão de chuva para a serra gaúcha. Porto Alegre tem dia quente, com muito sol e sem chuva.

Para a Região Sudeste, a previsão é de tempo bastante instável. Nuvens carregadas crescem no decorrer do dia por toda a Região e provocam pancadas de chuva com raios, principalmente à tarde e à noite. Porém, no sul e leste de São Paulo , no centro-sul do estado do Rio de Janeiro , na Zona da Mata e no Sul de Minas a chuva já pode começar no período da manhã. Há risco de temporais nas capitais São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte .

Sexta-feira quente, com sol e pancadas de chuva com raios à tarde e à noite na Região Centro-Oeste do país. Pancadas de chuva moderadas a fortes podem acontecer em Brasília , Goiânia , Campo Grande e Cuiabá . Chove a qualquer hora na fronteira com o Paraguai.

Quase toda a Região Nordeste do Brasil tem uma sexta-feira com sol forte, calor intenso, e sem condições para chuva. Chove rapidamente no norte e no litoral do Ceará e em toda a faixa litorânea desde o Rio Grande do Norte até o sul da Bahia. A sexta-feira é com sol e chuva rápida nas capitais Salvador , Aracaju , Maceió , Recife , João Pessoa , Natal e Fortaleza .

Para Teresina e para o oeste e norte do Piauí, a previsão é de sol e pancadas de chuva a partir da tarde, mas que devem acontecer em poucas áreas. Para o estado do Maranhão, a previsão é de sol e pancadas de chuva à tarde e à noite, que podem ser moderadas a fortes, inclusive sobre São Luís.

Já para a Região Norte do Brasil, a previsão é de uma sexta-feira com tempo instável, com muitas nuvens e chuva a qualquer hora sobre o centro-norte do Amazonas, Roraima, sobre o centro-norte do Pará e sobre o Amapá. Há risco de temporais nas capitais Belém , Amapá, Manaus e Macapá .

Nas outras áreas da Região Norte do Brasil, o sol aparece forte e há previsão de algumas pancadas de chuva à tarde e à noite, inclusive sobre as capitais Palmas , Porto Velho e Rio Branco .

Alertas meteorológicos para 8/1/2021

Sexta-feira com alerta para temporais em Roraima, no Amapá, no centro-norte do Amazonas e do Pará, incluindo as capitais desses estados.

Alerta para temporais em Goiânia e no centro-sul e leste de Goiás, no norte e leste do estado de São Paulo, incluindo a Grande São Paulo, no Grande Rio e no centro-sul do estado do Rio de Janeiro, na grande Belo Horizonte, no centro-oeste de Minas Gerais, no Sul de Minas e na Zona da Mata mineira.

Alerta para temporais também em Curitiba, no leste e oeste do Paraná. No vale do Itajaí e no extremo sul de Mato Grosso do Sul.

Atenção para chuva moderada a forte, com raios e fortes rajadas de vento eventuais nas demais áreas de Santa Catarina, do Paraná, no centro-oeste de São Paulo, em Mato Grosso do Sul, no norte de Goiás e no Distrito Federal, em quase todo o Mato Grosso, exceto no oeste desse estado.

Atenção também para chuva moderada a forte e possíveis ventos fortes sobre o centro-oeste e norte do Maranhão, no sul e leste do Pará, no sul do Amazonas e na região de Porto Velho

O interior da Bahia, as áreas de sertão do Nordeste e centro-sul e sudoeste do Rio Grande do Sul ficam em atenção para o ar seco, com o nível de umidade entre 20% e 30%.

Sobre a Climatempo

Com solidez de 30 anos de mercado e fornecendo assessoria meteorológica de qualidade para os principais segmentos, a Climatempo é sinônimo de inovação. Foi a primeira empresa privada a oferecer análises customizadas para diversos setores do mercado, boletins informativos para meios de comunicação, canal 24 horas nas principais operadoras de TV por assinatura e posicionamento digital consolidado com website e aplicativos, que juntos somam 20 milhões de usuários mensais.

Em 2015, passou a investir ainda mais em tecnologia e inovação com a instalação do LABS Climatempo no Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP). O LABS atua na pesquisa e no desenvolvimento de soluções para tempo severo, energias renováveis (eólica e solar), hidrologia, comercialização e geração de energia, navegação interior, oceanografia e cidades inteligentes. Principal empresa de consultoria meteorológica do país, em 2019 a Climatempo uniu forças com a norueguesa StormGeo, líder global em inteligência meteorológica e soluções para suporte à decisão.

A fusão estratégica dá à Climatempo acesso a novos produtos e sistemas que irão fortalecer ainda mais suas competências e alcance, incluindo soluções focadas nos setores de serviços de energia renovável. O Grupo segue presidido pelo meteorologista Carlos Magno que, com mais de 35 anos de carreira, foi um dos primeiros comunicadores da profissão no país.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também

Petrópolis recebe vacinas CoronaVac e Oxford/Astrazeneca do Governo Estadual

As doses de CoronaVac são destinadas à aplicação da segunda dose do esquema vacinal pendente. O lote de Oxford/AstraZeneca também deve ser usado exclusivamente para segundas doses, mas direcionadas ao grupo de pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente e outras pendências de segundas doses para essa vacina.