Forças de segurança e Vara da Infância realizam choque de ordem no Centro

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Guarda Civil, Polícia Militar, Fiscalização de Posturas, Vara da Infância e Juventude e Conselho Tutelar realizaram mais uma edição do choque de ordem em ruas do Centro na noite dessa sexta-feira (25.01). Foram  feitas algumas abordagens e registradas cinco ocorrências de menores consumindo álcool, durante a ação. Os agentes passaram pela Rua Nelson de Sá Earp e entorno da Praça da Liberdade.

O trabalho dessa sexta teve como um dos focos coibir o envolvimento de menores de 18 anos com bebidas alcoólicas e drogas. O canil municipal foi acionado para o serviço de detecção e adolescentes que foram flagrados consumindo bebidas alcoólicas foram abordados e levados até a Praça 14 Bis, onde foi montado um posto de atendimento da Vara da Infância e do Conselho Tutelar.

“O nosso trabalho aqui tem como principal função manter a integridade de adolescentes, a proteção deles contra álcool e drogas. Então a partir do momento que a gente identifica, por exemplo, algum menor de 18 anos com bebida, a gente aciona o responsável, que vai ter que ir ao local e ele será notificado. Fazendo isso, a gente está coibindo e pretende acabar com essa situação de alguns jovens em vulnerabilidade”, disse a conselheira tutelar, Mérilen Dias.

Essa foi a terceira edição do choque de ordem este mês. A ação feita nessa sexta foi fruto de articulação entre as forças de segurança, órgãos da prefeitura e poder judiciário. Além de uma tenda, também foi levado para a Praça 14 Bis o ônibus de videomonitoramento. A Nelson de Sá Earp foi gradeada para evitar ocorrências de estacionamento irregular.

“Esse é um trabalho integrado que já ocorre sempre e que foi reforçado para essa edição. Apesar da chuva, ainda encontramos casos de menores de 18 anos com bebidas, o que os coloca em situação de vulnerabilidade. Por isso, o poder público está se fazendo presente para, como em todas as outras edições do choque de ordem, proteger a todos e garantir que a diversão de algumas pessoas não signifique qualquer problema para outras pessoas”, afirmou o comandante da Guarda, Jeferson Calomeni.

A Guarda Civil esteve presente com 15 agentes, cinco carros e uma moto, além da cadela Scolt para detecção de drogas. A Polícia Militar deslocou cerca de 25 homens e seis viaturas. A Fiscalização de Posturas teve três fiscais e um veículo à disposição. Vara da Infância e Juventude e Conselho Tutelar estiveram presentes com seis pessoas e um automóvel. 

Fonte: Prefeitura de Petrópolis

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

2 Comentários
  1. Sou a favor da lei seca , que tenha uma fiscalização eficaz que contribui e muito a preservar vidas,pois muitos acidentes são atribuídos a mistura de bebidas e direção. Sou a favor de menores de idade não terem acesso a álcool ,que sei que é difícil,mas que tal dificultar o acesso de quem distribui,vende e quem consome ? Enfim precisamos de Cristo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.