Quem resolveu curtir o fim de semana em Cabo Frio encontra uma série de atividades culturais gratuitas na Praça da Cidadania. A programação faz parte da abertura do Ano Cultural 2018, que terá ainda diversas atrações em vários pontos da cidade até fevereiro. Neste sábado (6), por exemplo, a chuva resolveu dar uma trégua e permitiu a realização de uma das manifestações culturais mais tradicionais do país: a Folia de Reis. Teve ainda atividades do Coletivo de Corais do Cultura do Amanhã.

Manifestação de origem portuguesa, a Folia de Reis foi introduzida no Brasil no século XVI, e é uma festa que marca a visita dos três Reis Magos ao menino Jesus após seu nascimento, em 25 de dezembro. De acordo com a história, os reis (Baltazar, Gaspar e Belquior) chegaram até Jesus Cristo guiado por uma estrela, e ao encontrar o menino presentearam-no com mirra, incenso e ouro. Em homenagem a esta passagem bíblica, surgiu a Folia de Reis. Durante os festejos, grupos compostos por músicos caminham pelas ruas da cidade, com trajes, e levam alegria e bênçãos do menino Jesus a todas as pessoas que os recebem. Em Cabo Frio a Folia foi incorporada como tradição cultural em 1965, com a chegada do mestre sanfoneiro Sebastião Margarida. E, desde então, a cada ano vem reunindo crianças, jovens, adultos e idosos.

Além da Folia de Reis, o sábado também teve atrações na Tenda das Artes, que tem chamado a atenção de turistas e moradores que passam pela Praça da Cidadania. O Coletivo de Corais do Cultura do Amanhã arrancou aplausos ao apresentar um clássico de Handel, “Aleluia”. A diretora de Políticas Culturais, Susiane Borges, acredita que essas iniciativas vão ajudar na promoção da cultura de Cabo Frio e na valorização dos artistas locais. “A programação do Ano Cultural 2018 está apenas começando mas já vemos frutos da interação com o público, da valorização da cultura e dos artistas da nossa cidade”, ressaltou.

O secretário de Cultura de Cabo Frio, Ricardo Borges Machado, parabenizou todos os envolvidos nas ações, e lembrou que ainda existe muito a ser feito. “2017 foi um ano muito bom porque, apesar de todas as dificuldades conseguimos produzir muito. Para 2018 a gente pretende continuar com o que conseguiu plantar e, se Deus quiser, ampliar. Vamos fazer de tudo para a que a cultura de Cabo Frio avance cada vez mais. Já estamos trabalhando para levar cultura a lugares mais afastados do Centro: queremos ir ao Jardim Esperança, Tangará, Maria Joaquina, Tamoios… enfim. Queremos levar cultura para todos os cantos da cidade”, anunciou.

As atividades do Ano Cultural 2018 fazem parte do Projeto Cultura do Amanhã, uma realização da Secretaria de Cultura de Cabo Frio em parceria com o Ponto de Cultura “Infância: Patrimônio da Humanidade” (Fábrica de Música). Confira as outras atrações:

Feira Literária “Maria Lê/Maluco por Leitura”
até 20 de janeiro
das 15 h às 24h
na Tenda Literária, na Praça da Cidadania

Festival de Dança e Fitness
de 3 de janeiro a 26 de fevereiro de 2018 (sempre às quartas e sextas-feiras
das 20h às 22
na Tenda das Artes, na Praça da Cidadania

Festival de Teatro Infanto-Juvenil e Oficinas Culturais
toda terça-feira até 30 de janeir
das 20h às 22h
na Tenda das Artes, na Praça da Cidadania

Roda de Leitura e Dança para Crianças
toda quinta-feira até 25 de janeiro
às 20h
na Tenda das Artes, na Praça da Cidadania

Festival Instrumental e Vocal
dias 13, 20 e 27 de janeiro e 3 de fevereiro
às 20h
na Tenda das Artes-Praça da Cidadania

Exposição Coletiva no Charitas “Cabo Frio em Traços e Formas”
de 5 de janeiro a 28 de janeiro
de segunda a sexta-feira, de 8h às 19h, e aos sábados, domingos e feriados, de 14h às 19h
no Charitas

Encerramento Cultura do Amanhã com apresentação do Coral Infantil e Orquestra da Fábrica de Música Escola
dia 3 de fevereiro
às 20h
na Praça da Cidadania