Em Marília o Fluminense enfrentou o time local e acabou derrotado por 2 a 0, com gols de Diego Borges e Marcão, assim o time acabou ultrapassado por Marília e Mogi Mirim, ficando ainda na primeira fase da competição, sendo a primeira equipe grande do país a deixar o torneio.

O tricolor das Laranjeiras que já venceu a Copa São Paulo de Futebol Júnior por 5 vezes, foi a competição muito desfalcado em função dos problemas do elenco profissional que fizeram muitos jogadores em idade para estar na competição, serem promovidos ao time profissional e alguns jogadores defendem o Samorim da Eslováquia, clube parceiro do Fluminense na Europa.

Outra perda para o clube foi Léo Pervochic, que comandaria os garotos na copinha, mas em função de um acidente que matou um da suas filhas e deixou sua mulher e filho feridos no hospital, fez com que ele ficasse afastado por motivo de saúde e Marcelo Veiga, coordenador de base acabou tendo que assumir o time no torneio.

(imagem retirada do site Folha de Olímpia)