Flamengo e Portuguesa da Ilha disputaram o último e decisivo jogo da fase de classificação em Cariacica, Espírito Santo, para um bom público que veio prestigiar o time rubro-negro que tem muitos torcedores em várias partes do país e não é diferente no estado capixaba.

Jogadores que vinham sendo criticados pela torcida por terem custado um valor significativo aos cofres do Flamengo, ganhando altos vencimentos mensais e apresentando futebol abaixo do esperado, tiveram grande destaque na tarde de hoje e construíram a goleada rubro-negra.

Na primeira etapa, um único gol, de Everton Ribeiro, um dos mais criticados, por ser titular desde a segunda metade do ano passado e ser um dos maiores salários do elenco, alguns torcedores pedem a entrada de atletas da base como Vinicius Júnior e Lucas Paquetá em sua vaga.

A lusa, precisando vencer abriu seu setor defensivo e acabou cedendo espaço para que o adversário com time muito mais forte, construísse um placar elástico, assim Henrique Ceifador de pênalti, aos 15 da etapa complementar, e Geuvânio aos 43 e aos 47 do segundo tempo, marcaram os gols que deram a alegria e a classificação ao rubro-negro.

(imagem Rádio Globo)