Fiscalização apreende produtos falsificados em Petrópolis

De acordo com a Prefeitura, diariamente, são realizadas rondas com o objetivo de reprimir os camelôs que são, na maioria das vezes, de outros municípios.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A atuação em conjunto da Fiscalização de Posturas do Município de Petrópolis e da Guarda Civil para coibir o comércio ilegal de ambulantes resultou na apreensão de 99 produtos piratas, falsificados ou sem origem comprovada em janeiro de 2021. Ontem (02), as equipes confiscaram mais 14 frascos de perfumes irregulares na Rua Paulo Barbosa, no Centro. De acordo com a Prefeitura, diariamente, são realizadas rondas com o objetivo de reprimir os camelôs que são, na maioria das vezes, de outros municípios.

A mercadoria apreendida pelos agentes é levada para o depósito da Fiscalização de Posturas para ser descartada. Segundo a secretária de Serviços, Segurança e Ordem Pública (SSOP), Karina Bronzo, as ações rotineiras estão sendo reforçadas com mais agentes. “Vamos garantir o cumprimento das regras do município, assim como a segurança dos petropolitanos”, disse.

No mês passado, a prefeitura, por meio da Coordenadoria Especial de Articulação Institucional, reuniu representantes de diferentes setores da economia popular para ouvir as demandas da categoria. A maior reclamação dos vendedores era a presença de ambulantes de outros municípios atuando irregularmente no longo do Centro Histórico.

“Colocamos a prefeitura à disposição e garantimos que as operações para coibir as ilegalidades seriam realizadas. Estamos cumprindo uma determinação do prefeito interino, Hingo Hammes, ouvindo os diferentes segmentos econômicos e buscando soluções para os casos”, disse Fernanda Ferreira, coordenadora de Articulação Institucional.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.