Fiscais da Secretaria Municipal de Transportes estiveram na Central do Brasil, na manhã desta terça-feira (28), para verificar a qualidade dos serviços oferecidos pelas empresas de ônibus que operam no importante terminal.
A equipe vistoriou 40 coletivos com irregularidades como falta de vistoria e mau estado de conservação, incluindo bancos rasgados e inoperância no equipamento de acessibilidade, que da acesso à pessoas com deficiência em transportes públicos. Ao todo, 16 ônibus foram lacrados e 22 multas foram aplicadas as empresas responsáveis pelos coletivos.
Os fiscais ainda verificaram que o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) de cinco ônibus estavam vencido e os documentos foram apreendidos.
As ações de fiscalização da SMTR são realizadas frequentemente sem aviso prévio em diversos pontos da cidade e em diferentes turnos.
Por: Gabriel Malheiros