Firjan aponta que indústrias fluminenses continuam com dificuldade para compra de matéria-prima

Pesquisa da federação mostra que empresários estão mais pessimistas em relação à normalização da oferta.

Um ano após o início da pandemia de Covid-19, seis a cada dez indústrias fluminenses ainda têm dificuldade para compra de insumos e matérias-primas nacionais e importados, ainda que pagando mais caro por eles. O dado é da “Sondagem Industrial Especial: Fornecimento de Insumos e Matérias-primas no Estado do Rio de Janeiro”, realizada pela Firjan em fevereiro deste ano.

Em relação a outubro de 2020, as dificuldades são menos intensas. No entanto, a expectativa de normalização é mais pessimista. No ano passado, a maior parte dos industriais fluminenses acreditava que a oferta seria regularizada até o segundo trimestre de 2021. Hoje, mais da metade acredita que a situação só estará normalizada a partir do terceiro trimestre.

A Firjan ressalta que a pesquisa foi realizada antes das novas medidas restritivas para conter o avanço do coronavírus em diversos estados.  Dessa forma, considera que a escassez de insumos e matérias-primas pode se agravar e ser um entrave para a recuperação da atividade industrial.

___

A pesquisa pode ser acessada através deste link: https://bit.ly/3tihNEU.

Fonte: Divulgação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também