Finais da categoria 18 anos do Banana Bowl tem três dos principais favoritos Sexta-feira definiu campeões nas duplas em duas decisões no match tie-break

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Foram definidos, nesta sexta-feira (23), os finalistas da categoria 18 anos do 48º Banana Bowl, ITF G1 disputado nas quadras de saibro da Sociedade Recreativa Mampituba, em Criciúma.

O argentino cabeça de chave número 1, Sebastian Baez, confirmou seu favoritismo e venceu o compatriota Facundo Diaz Acosta por 6/4 e 7/6 (8). Na outra semi, o norte-americano Tristan Boyer, quinto favorito, passou pelo francês Clement Tabur por 7/6 (2), 6/7 (4) e 6/3, em duelo de mais de duas horas. “Foi um grande jogo, as condições estavam rápidas, mas acredito que fiz um bom jogo. Tive o suporte de meus amigos e de meu técnico que estão aqui e isso me ajudou bastante também”, afirmou Boyer, que integra a equipe da Usta, que trouxe cinco representantes para o Banana Bowl.

Sebastian Baez | Foto: Divulgação

Na chave feminina, as duas principais cabeças de chave decidirão o título. A colombiana cabeça 1, Maria Camila Osorio, derrotou a norte-americana Vanessa Ong por 6/4 e 6/3 e enfrentará a também estadunidense Alexa Noel, segunda favorita, que venceu a compatriota Kacie Harvey por 7/6 (5) e 6/1. “Estou tendo um começo de ano muito bom. Espero conseguir dar o meu melhor em quadra amanhã também, desfrutar de cada ponto e conquistar mais este título”, projetou a Osorio, que foi campeã de outros três torneios da gira, na Costa Rica, na Colômbia e no Paraguai.

Camila Osorio | Foto: Divulgação

As finais serão disputadas neste sábado a partir das 9h30, com entrada gratuita e transmissão da Bandsports.

 

Campeões nas duplas são definidos na sexta

Os campeões nas duplas foram conhecidos já nesta sexta-feira. Tanto no feminino quanto no masculino a decisão foi para o match tie-break e cheia de emoções.

No feminino, a georgiana Mariam Dalakishvili e a polonesa Anie Hertel, que jogaram juntas pela primeira vez, venceram as americanas cabeças 2 Elizabeth Mandlik e Alexa Noel por 6/3, 5/7 e 10-7 e conquistaram o título.

“Estou muito feliz em conquistar este título. Foi a primeira vez que jogamos juntas e acho que fomos muito bem. O torneio foi muito bom, bem organizado, hotel, transporte, alimentação, tudo muito bom”, destacou Hertel. “Também estou muito contente com essa conquista e gostei muito de jogar o Banana Bowl”, completou Dalakishvili.

Clement Tristan e Sebastian Baez | Foto: Divulgação

No masculino, argentino Sebastian Baez e o francês Clement Tabur superaram a parceria formada pelo norte-americano Tristan Boyer e o colombiano Nicolas Mejia por 6/4, 6/7 (3) e 10-7 e também ficaram com o caneco. “Foi uma partida muito difícil, enfrentamos jogadores muito duros, mas me senti muito bem e muito cômodo com meu companheiro”, afirmou o argentino, que disputou três jogos nesta sexta e outros na quinta, dois de simples e quatro de duplas. “Amanhã vou tratar de deixar tudo na final e aproveitar cada momento”, ressaltou o argentino. “É um sentimento muito bom ser campeão, estou muito feliz de ganhar aqui, um torneio muito bom”, comemorou Tabur.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.