Foto: Reprodução da Internet

Filha de “Seu Madruga” publica foto rara de se pai na internet

A foto mostra o artista em um aeroporto de Lima, no Peru no ano de 1988.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Oito meses antes de morrer, por conta de um câncer de estômago contra o qual lutou por vários anos, Ramón Valdés, ator que interpretava o personagem Seu Madruga na série Chaves, estava tentando tocar os seus projetos, apesar da saúde debilitada. É o que mostra uma imagem rara do ator, publicada por sua filha Carmen Valdés, em seu perfil do Instagram. A foto mostra o artista em um aeroporto de Lima, no Peru no ano de 1988.

Na legenda da publicação, Carmen detalhou a imagem: “Foi o último país onde meu pai esteve, lá ele ficou muito mal”. Na imagem, é possível ver o ator segurando o braço de seu irmão Antonio “El Ratón” Valdés, que morreu neste ano, e de outra pessoa não identificada. “Meu pai voltou para o México e depois de alguns meses, rodeado por todos nós, infelizmente faleceu”, disse Carmen. 

Ramón Valdés fumava muito e, em decorrência do hábito, descobriu o câncer no estômago no início da década de 1980. Precisou ser submetido a uma cirurgia para reduzir o órgão a um terço, em 1985. No entanto, a doença se espalhou pelo corpo do humorista. Nos últimos dias de vida, ele precisou ser sedado devido às fortes dores que sentia. O óbito do intérprete do Seu Madruga foi confirmado em 9 de agosto de 1988. Ele tinha 64 anos. 

Série responsável por consagrar Dom Ramón, Chaves, atualmente, está fora do ar em todo o planeta devido um impasse contratual da Televisa (televisão mexicana que exibia Chaves) e o Grupo Chespirito. Não há previsão de quando a série voltará a ser exibida na televisão ou disponibilizada em plataformas de streaming.

Veja abaixo a publicação de Carmen em sua rede social:

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.