Por quinze dias, apresentações musicais, poesias e flores darão nova cara a Rua 16 de Março e adjacências, no centro de Petrópolis. Sob a coordenação de empresários locais, o Festival “16 das Flores”, que terá início no próximo dia 22, celebrará a chegada da primavera unindo cultura e estética para interagir com os moradores e turistas.

Além do intuito de ampliar o bem-estar dos que visitam a tradicional rua, o festival faz parte de um projeto mais abrangente que pretende transformar o local em um espaço de experiências, do ponto de vista histórico e cultural:

“Formular momentos únicos e memoráveis só é possível, atualmente, considerando o componente emocional, promovendo a interatividade com os clientes, trabalhando a tematização e oferecendo acontecimentos exclusivos. Isso que estamos trazendo para cá”, afirma a consultora do projeto, Evany Noel.

Internacionalmente conhecido, o Mapic, evento imobiliário voltado para o varejo, que ocorreu no último ano em Cannes, também serviu de referência para o “16 das Flores”. Na ocasião, foram apontadas 10 tendências que vêm moldando os shoppings centers pelo mundo:

“Reconhecemos nosso polo de compras como um shopping a céu aberto e buscamos estar sintonizados com estas novas inclinações. Pretendemos oferecer ambientes mais criativos e experimentais, com atrações que tragam conhecimento, entretenimento e vivências.”, conta a empresária Célia D`Azevêdo.

Uma destas atrações será a homenagem ao saudoso Professor e Trovador Roberto Francisco: um Concurso Cultural de Trovas, com apoio da Academia Brasileira de Poesia – Casa de Raul de  Além disso, durante todos os dias de evento, casais de personagens trovadores e lojas participantes estarão distribuindo trovas de poetas locais.

Mídias sociais também fazem parte da proposta de divulgação e cobertura do festival. Um dos responsáveis pela comunicação e produção de conteúdo, o publicitário Rafael Eckhardt, da agência Firma, crê na “importância do conteúdo relevante em um momento de constante compartilhamento de experiências nas redes.”. Já Alvanei Abi Daud, também empresária da rua, destaca a formação de uma rede de cooperação entre os empresários locais:

“A união de esforços e a troca de experiências em todos os níveis certamente trarão maior competitividade e excelentes resultados. Estamos trilhando um caminho interessante”.

O Festival “16 das Flores” se encerrará no dia 7 de outubro, ainda com apresentações de músicos petropolitanos. Um Passeio Ciclístico de Primavera, também está previsto. Todas as atrações serão gratuitas

Mais informações:
Rafael Eckhardt – (24) 99231-5031
Jhony Muller – (24) 99978-4991