Festival Internacional de Corais recebe inscrições até o dia 15 de fevereiro

Últimos dias de inscrições, não perca.

Faltam poucos dias para o fim das inscrições do FIC Petrópolis –Festival Internacional de Corais online 2021. Até o dia 15 de fevereiro os grupos podem se inscrever, gratuitamente, através do e-mail institutomovarte@gmail.com , enviando um vídeo e informações complementares. O evento irá ao ar nas redes sociais de 13 a 16 de março, com diversas apresentações diárias de forma a mostrar a multiplicidade de coros no Brasil e o contraste com os de outros países.

A regra principal para participar do FIC Petrópolis online 2021, é que o vídeo enviado tenha sido gravado no período da pandemia, de maneira remota, em forma de mosaico. É necessário que, no corpo da mensagem, conste o nome do coral, o nome do regente, sua cidade, estado e país; nome da música e seus autores, além do contato telefônico do grupo. Podem ser remetidos mais de um vídeo, sendo que, após o coro ser selecionado pela curadoria do festival, apenas um será exibido.

A segunda edição do FIC Petrópolis é uma realização do Instituto Movarte, apresentada pelo Governo Federal, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Aldir Blanc. A presidente do Movarte, Amanda Coelho, destacou sua satisfação “em integrar a equipe que atua na realização do festival, importante tanto pelo canto coral que é parte da história da cidade, quanto pela riqueza musical que será exibida”. O diretor, maestro Leonardo Randolfo, informou que “a procura está grande desde a abertura das inscrições, portanto, será um festival bastante rico em diversidade de grupos”, a programação inteiramente gratuita será divulgada em março e o evento transmitido no Facebook e Youtube. Informações no @ficpetropolis.

Petrópolis recebeu o título de Capital Estadual do Canto Coral, projeto do ex-prefeito Bernardo Rossi ainda como deputado estadual, sancionado pelo Estado em 2019. O Segmento de Canto Coral é o que envolve maior número de pessoas na cidade, fomentando uma tradição bastante antiga, que remonta ao ano de 1863 com a fundação do clube Sociedade Coral Concórdia. Aí está a origem do movimento coral, que sobrevive desde então a tantas transformações culturais e, atualmente, à obrigatoriedade do isolamento.

Fonte: Assessoria de Comunicação da FIC

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também

Petrópolis recebe vacinas CoronaVac e Oxford/Astrazeneca do Governo Estadual

As doses de CoronaVac são destinadas à aplicação da segunda dose do esquema vacinal pendente. O lote de Oxford/AstraZeneca também deve ser usado exclusivamente para segundas doses, mas direcionadas ao grupo de pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente e outras pendências de segundas doses para essa vacina.