O Festival de Petrópolis, evento que reúne cinema, cultura e entretenimento desde 2016, chega a sua terceira edição em 2018. Produzido pela Pacheco Monteiro Comunicações, empresa das atrizes e produtoras Daniela Brescianini Monteiro e Luciana Pacheco, o festival promete trazer para a cidade imperial o melhor do cinema nacional. O evento será realizado entre os dias 28 de novembro e primeiro de dezembro e acontecerá de forma integral no Palácio Quitandinha, um dos cartões-postais mais visitados de Petrópolis. De acordo com o Alexandre Macedo, curador do evento, o Festival de Petrópolis tem como missão principal exaltar a importância da preservação de nossa história e memória e também fomentar o planejamento e a prospecção de um futuro melhor no cinema, nas artes, na cultura e na vida brasileira. “O nosso lema é: preservar o passado, olhando para o futuro”, afirma Alexandre. Já na abertura, será exibido um longa-metragem muito aguardado pelo público e pela crítica. O nome da obra será divulgado em breve e a exibição contará com a presença de convidados especiais e parte do elenco. O festival conta com patrocínio do Certisign, com copatrocínio da Bohemia e apoio cultural da Globo Filmes e Intertv .

Na programação, também está prevista a exibição de diversos outros filmes nacionais inéditos na cidade, além de uma mostra infantil, oficinas e palestras, entre outras ações que vão movimentar mais ainda a região. Uma delas é o “Circuito ArtCine Gastronômico”, onde alguns restaurantes e estabelecimentos comerciais vão desenvolver um prato especial para o festival inspirados em um filme de sucesso. Todas as criações serão harmonizadas com cervejas artesanais da cidade. Além disso, o cliente que consumir a novidade, terá a oportunidade de comprar um prato decorativo, desenvolvido especialmente para essa ocasião, intitulado de prato “ArtCine Gastronômico”. A obra de arte será feita pelo artista plástico Cocco Barçante, proprietário do Museu do Artesanato do Estado do Rio de Janeiro, localizado na Rua Coronel Veiga. A ação é realizada em parceria com o Pólo Gastronômico do Valparaíso Gourmet, onde empresários dos setores de gastronomia e hotelaria se reúnem para valorizar e fortalecer e economia do bairro Valparaíso.

De acordo com as organizadoras, o Festival de Petrópolis é um movimento em prol do audiovisual. “Um espaço para o encontro de amantes e fazedores de cinema. Um lugar para se debater novas formas de mercado, captação e estética. Um festival que abraça o cinema autoral e comercial, além de ser uma oportunidade de trazer para Petrópolis filmes que provavelmente não chegariam nos cinemas da cidade”, diz Daniela. A expectativa para esta edição, é que cerca de 8.000 pessoas circulem pelo evento durante o festival. “Em relação ao evento realizado no ano passado, a nossa ideia é dobrar este número em 2018”, afirma Luciana Pacheco.

Firmando o compromisso com a área social, o III Festival de Petrópolis manterá para este ano o projeto “Visão do Futuro”, que vai beneficiar diversas crianças de escolas públicas, oferecendo para elas consultas médicas e exames específicos para verificar se possuem alguma deficiência visual. Após este levantamento, caso seja apresentada alguma necessidade, a criança vai ganhar um óculos de grau. O projeto surgiu da parceria entre o Festival de Petrópolis e a Oftamoclínica e só é possível graças ao patrocínio de empresas como a Essilor, Óticas Carol, CMsatisloh e Laboratórios Petrótica, a colaboração da AFIPE (Associação Filantrópica de Petrópolis), apoio do Chez Cox e Maria Maria e o auxílio da Prefeitura de Petrópolis, das Secretarias de Saúde, Educação e Assistência Social e do Instituto Municipal de Cultura e Esportes.

A programação completa do evento será divulgada em meados de novembro e estará disponível no site oficial do festival e nas redes sociais do evento:

Site: www.festivaldepetropolis.com.

Facebook: https://www.facebook.com/festivaldepetropolis/

Instagram: https://www.instagram.com/festivaldepetropolis/