Vindo de um vice-campeonato de pilotos com o alemão Sebastian Vettel e de construtores no ano de 2017, a tradicional equipe Ferrari apresentou e já testa há alguns dias a versão atual de seu carro de Fórmula 1, a dupla de pilotos formada por Sebastian Vettel, tetracampeão de F1 (2010,2011,2012 e 2013) e pelo veterano e finlandês Kimi Raikkonem, campeão mundial em 2007, sendo o último campeão mundial pelo time italiano.

A Ferrari é a equipe que está há mais tempo na categoria, para ser preciso desde a formação do campeonato em 1950, sendo a recordista em vitórias ( 223), títulos de pilotos ( 15), construtores (16), pole position ( 213) e voltas rápidas (244), todos os recordes naturalmente pertencem ao time italiano.

Foram campeões pelo time os seguintes pilotos: Michael Schumacher cinco vezes (2000,2001,2002,2003 e 2004); Alberto Ascari (1952 e 1953); Nikki Lauda ( 1975 e 1977); Juan Manuel Fangio (1956); Mike Hawtrorn (1958); Phil Hill(1961); Jonh Surtees 1964; Jody Schecker (1979) e Kimi Raikkonem (2007).

Dois brasileiros tiveram passagens marcantes pelo time de Maranello, o primeiro foi Rubens Barrichelo que ficou de 2000 a 2005 no time, conquistando lá suas primeiras 9 vitórias na carreira, sendo vice-campeão do mundo em 2002 e 2003 e Felipe Massa que correu de 2006 a 2013 e é o piloto com mais tempo de contrato na história do time italiano, a contar o período em que foi piloto de desenvolvimento (2003-2005), sendo emprestado a Sauber a partir de 2004, pelo time Massa venceu 11 corridas e foi vice-campeão mundial de 2008.

(imagem F1 Mania)