FEMME 2021 realiza 2ª edição do Festival do Mês da Mulher e Empoderamento

Projeto pretende valorizar e incentivar a produção cultural local e o empoderamento das mulheres petropolitanas.

O FEMME, que está na sua 2ª edição, dessa vez de forma online, é um encontro dedicado à produção artística de mulheres atuantes na cidade de Petrópolis, com a proposta de ser inclusivo, democrático, plural e inovador, em um espaço de profundas trocas e transformações, com emoção, aprendizado e alegria. O desafio das mulheres nas artes é dobrado. Em um ambiente que sofre com a falta de incentivos financeiros, elas precisam encontrar espaços e meios de se desenvolverem como profissionais, se manterem unidas em uma luta consciente e constante para assegurar seu espaço nas artes.

No FEMME, o público que assistirá de casa terá momentos de muita emoção desfrutando de uma experiência personalizada como nunca antes, com um conteúdo que busca maior representatividade feminina, onde acontecerão apresentações culturais e artísticas nas mais diversas linguagens num formato ao vivo, livre e gratuito. Uma troca de conhecimentos e experiências.

Pensando em uma programação bastante diversificada e democrática para todos os gostos e estilos, o “FEMME 2ª Edição”, terá nas artes cênicas o grupo de Teatro Circense Andança com as integrantes Renata Alves, Rose Assis e Luiza Alves que farão o espetáculo ” O Chamado das Pedras”, que foi inspirado na vida e obra de Cora Coralina; na performance poético-musical “NøS”, a atriz Regina Elena Guimarães estará em cena com sua filha, Mabi Ferreira; as Palhaças Cucaracha e Theobalda apresentam uma intervenção irreverente e lúdica, que fala sobre sororidade, e também contação de história da Velhota Cambalhota. Na dança, o ballet clássico de Camilla Rangel; Na música, teremos o samba de raiz com o Grupo Teresa e a dupla Duas em Ponto que fará o autoral romântico; na cultura de Rua, a maravilhosa Brenda Lima fará o espetáculo En-Cantos Ancestrais; Nos Intervalos, com bastante improviso, teremos a atriz e cantora Letícia Laranja.

“Com esse projeto pretendemos valorizar e incentivar a produção cultural local e o empoderamento das mulheres petropolitanas, além de fomentar e alimentar o debate acerca das questões ligadas à data de 8 de março: o fim da violência contra a mulher e a igualdade de direitos em seus diversos desdobramentos”, diz a idealizador do projeto Kika Notini.

Serviço:

FEMME – Festival do Mês da Mulher e Empoderamento – 2ª edição

Sexta, 19 de março, a partir das 17h

No YouTube: bit.ly/femmepetropolis

Evento gratuito

Fonte: Divulgação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também