Foto: Divulgação

Feirinha de Itaipava completa 29 anos nesta sexta-feira

O sucesso da Feirinha de Itaipava significa o sustento de muitas famílias que vivem das vendas que fazem no local.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Nesta sexta-feira (23), a Feirinha de Itaipava completa 29 anos de história no endereço onde está localizada, km 63 da BR-040, e difícil é falar de Petrópolis sem citar o local, que já marcou a infância de muitos petropolitanos e atrai turistas de vários lugares. Diariamente, o polo de moda recebe cerca de cinco mil pessoas e um número significativo de vans e ônibus de turismo.

Zilda Ferreira é moradora de Santa Cruz, no Rio de Janeiro, e disse que sempre ouviu falar da Feirinha, mas ainda não tinha tido oportunidade de conhecer o local. No último fim semana, ela subiu a Serra de Petrópolis com um grupo de excursão para visitar o polo de moda e fazer compras.

“Essa é a primeira vez que venho à Feirinha de Itaipava e quero aproveitar muito. Sempre escuto as pessoas falando muito bem daqui e agora eu consegui vir. Estou muito animada e quero comprar presentes para levar para as minhas netas”, disse a turista.

Foto: Divulgação

O sucesso da Feirinha de Itaipava significa o sustento de muitas famílias que vivem das vendas que fazem no local, como a da Dona Lione de Assis. Conhecida como a “vó da Feirinha”, ela trabalha no polo de moda desde o início de tudo e se refere a essa experiência com muito carinho e gratidão.

“Quando eu venho para a Feirinha, eu venho feliz. Eu vivo daqui, faço tudo a partir daqui e ao longo de todos esses anos, criei relações de amizades com meus clientes, que vêm de muitos lugares, como Niterói, por exemplo. Então, a Feirinha é a minha vida”, diz emocionada.

Geração de Empregos

Atualmente, a Feirinha de Itaipava gera cerca de cinco mil empregos diretos e indiretos, tendo grande importância no desenvolvimento econômico do município através da empregabilidade e do fortalecimento do setor turístico.

“Chegar aos 29 anos é motivo de muita alegria para nós, e mais ainda por sabermos que a Feirinha de Itaipava, um dos principais polos de moda do município, tem impacto positivo na vida de muitos petropolitanos. Estamos construindo uma história de muita dedicação e sucesso”, enfatiza o administrador da Feirinha de Itaipava, Sergio G-tão.

História

A trajetória deste importante polo de moda teve início quando um petropolitano visionário, ciente do grande número de ônibus de excursões que chegavam ao município com turistas que desejavam passear e comprar cerâmicas e roupas, teve a ideia de vender artigos de vestuário e outros produtos no pátio do restaurante Galisco, no final da década dos anos 80.

Em pouco tempo, muitos petropolitanos aderiram à ideia, diante da possibilidade de apresentar e vender as roupas confeccionadas por eles com tanto carinho. Era nos capôs dos carros, sobre bancas de madeira ou até mesmo no chão, que as mercadorias eram expostas. O trabalho começava nas madrugadas de quinta-feira e sábado, quando cerca de mil expositores se reuniam no pátio e em frente a Fábrica de Telas São Jorge, à espera dos clientes. Os produtos eram adquiridos, na maioria das vezes, por pessoas de outros estados que revendiam as mercadorias.

Com o sucesso das vendas e o aumento de visitantes, se tornou evidente a necessidade de um novo espaço. Assim, os expositores realizaram a compra do terreno do antigo Moto Cross de Petrópolis em 1991, e no dia 23 de setembro de 1993, a famosa Feirinha foi transferida para o local, onde está até hoje. A data representa um grande marco na história do polo de moda e, por isso, foi escolhida oficialmente para comemorar o aniversário do espaço.

Funcionamento

A Feirinha conta com 390 stands e possui grande variedade de produtos, desde peças de vestuário, calçados, bolsas e joias até itens de pets, dentre outros. Além disso, o espaço conta com opções gastronômicas e estacionamento gratuito.

O polo de moda funciona quinta e sexta-feira, com alguns stands abertos, das 10h às 18h. Já no sábado, domingo e feriados, todas as lojas ficam abertas das 10h às 19h.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.