Farmácias se adequam à preço máximo após fiscalização do Procon Petrópolis

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Procon notificou duas farmácias que se adequaram imediatamente ao preço máximo permitido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos. A fiscalização foi realizada nesta quarta-feira (24.07) e verificou o preço de 12 remédios em 12 farmácias do Centro. A divergência foi encontrada na venda do Luftal, que deveria custar até R$ 24,21 e em ambos estabelecimentos que estavam com o preço divergente o valor era de R$ 24,24.

Na fiscalização, a equipe também verificou a diferença de preço entre os estabelecimentos pesquisados. Losartana Potássica, por exemplo, tem diferença de preço de 145,08%, custando entre R$ 5,99 e R$ 14,68 – o preço máximo autorizado. Diferença grande também foi verificada na venda do Neosoro, com preços variando de R$ 3,95 a R$ 9,20 – 132,92% entre as farmácias mais em conta e as que cobravam mais cara. Com praticamente o mesmo percentual de diferença, o preço da Dipirona foi encontrado entre R$ 6,99 e R$ 16,28.

“O mais importante, neste caso, é garantir que o cliente não seja lesado. Felizmente os flagrantes foram poucos e as farmácias se adequaram imediatamente após apontarmos as divergências e explicarmos que, em uma nova fiscalização, se o mesmo problema for encontrado, aquele estabelecimento corre risco de ser autuado e multado”, explica o coordenador do ProconPetrópolis, Bernardo Sabrá, lembrando, ainda, que a fiscalização leva em conta as leis de proteção ao consumo.

Denúncias sobre irregularidades podem ser feita na unidade do Procon que funciona na Rua Dr. Moreira da Fonseca 33, no Centro, ao lado da Câmara dos Vereadores. Os telefones para contato são o 2246-8469 / 8470/ 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Há, ainda, a unidade de Itaipava, que fica na Estrada União e Indústria 11.860, no Centro de Cidadania. Os usuários também têm como opção o WhatsApp Denúncia pelo 92257-5837 e o site www.petropolis.rj.gov.br/procon e o serviço de mensagens da página Procon Petrópolis no Facebook.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.