O candidato à presidência, Jair Bolsonaro, sofreu um ataque, na tarde desta quinta-feira (6), por um homem durante um evento de campanha realizado no centro de Juiz de Fora, MG.

De acordo com as primeiras informações, uma facada teria atingido o tórax de forma superficial, porém, a assessoria de imprensa do candidato divulgou há pouco que o fígado foi atingido, sendo necessário uma cirurgia.

Outros candidatos, adversario de Bolsonaro, se solidarizaram e publicaram mensagens de apoio.

Marina Silva, do PSOL, disse: “A violência contra o candidato Jair Bolsonaro é inadmissível e configura um duplo atentado: contra sua integridade física e contra a democracia“.

Mensagem Ciro Gomes, do PDT: “Acabo de ser informado em Caruaru, Pernambuco, onde estou, que o Deputado Jair Bolsonaro sofreu um ferimento a faca. Repudio a violência como linguagem politica, solidarizo-me com meu opositor e exijo que as autoridades identifiquem e punam o ou os responsáveis por esta barbárie“.

Fernando Haddad, do PT, publicou: “Repudio totalmente qualquer ato de violência e desejo pronto restabelecimento a Jair Bolsonaro“.