O ator Fábio Assunção se envolveu em mais uma polêmica na manhã desta quinta-feira (03). Ele foi preso em São Paulo, depois de bater em dois carros e se recusar a atender pedidos da polícia que foi até o local.

Fábio foi detido na Alameda Franca, nos Jardins, Zona Oeste da capital paulista, e foi levado em seguida para o 78º Distrito Policial, onde foi autuado por embriaguez ao volante. De acordo com a Polícia Militar, Fábio bateu nos carros, e quando a PM chegou ao local, o ator se recusou a passar pelo teste do bafômetro.

Ele também não aceitou ir ao Instituto Médico Legal para realizar exame clínico, retornando à delegacia por volta das 9h10. Cercado por jornalistas, Fábio limitou-se a dizer: “Fui na farmácia e bati no carro da frente, foi só isso. Estou sendo levado de um lado para o outro. Não faço menor ideia”.

Fábio terá que pagar uma fiança no valor de R$ 30 mil para ser liberado, além das multas, que já somam R$ 3 mil. “Ele vai ficar preso. Agora vai para uma audiência de custódia para tentar reverter a prisão, porque não quer pagar. Ele está bem, tranquilo mas está indignado”, disse o advogado do artista.

“Ele não quer pagar essa fiança por uma questão de princípios. Essa prisão é absolutamente ilegal. Foi um acidente que poderia acontecer com qualquer um de nós”, afirmou Theodoro Balducci.

Crédito da foto: David Irikura/TV Globo