Créditos: Getty Images

Ex-jogador que ficou em coma por 39 anos após erro de dosagem de anestésicos, morre aos 73 anos

Em 1982, o zagueiro recebeu uma dose exagerada de anestésicos antes de realizar uma cirurgia de rotina no joelho.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Jean-Pierre Adams, ex-jogador do Paris Saint-Germain (PSG), morreu nesta segunda-feira (6), aos 73 anos, após passar 39 anos em coma por causa de um erro médico. Em 1982, o zagueiro com passagem pela seleção francesa recebeu uma dose exagerada de anestésicos antes de realizar uma cirurgia de rotina no joelho.

Com a falha na aplicação, Adams sofreu danos cerebrais que o induziram ao coma. O caso ocorreu no Hospital de Lyon. Desde então, o ex-jogador não retornou. Em comunicado, o clube francês lamentou a morte do ex-atleta. “O PSG perdeu hoje em de seus mais gloriosos ex-jogadores. O clube oferece suas condolências aos familiares e amigos,” escreveu.

Nascido em Senegal, Jean-Pierre Adams também tinha nacionalidade francesa. Pela seleção da França, atuou 22 vezes durante a década de 70. Além do Paris-Saint Germain, ele teve passagem pelo Nîmes, que também emitiu um comunicado sobre o falecimento do ex-jogador.

“Na manhã desta segunda, fomos informados sobre o falecimento de Jean-Pierre Adams. Ele disputou 84 partidas pelo Nîmes e, ao lado do também zagueiro Marius Tresor, formou a chamada ‘Muralha’ na seleção francesa. O clube oferece suas mais sinceras condolências aos familiares e amigos nesta hora difícil.”

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.