A temporada na Europa chega a sua metade, com ela alguns times buscam reforçar seus elencos, visando manter a força para brigar por ligas e copas nacionais, além dos títulos do continente, como Liga Europa e Champions League, outros já visam a próxima temporada, a ser iniciada em agosto deste ano.

Na Espanha, o brasileiro Phillipe Coutinho chegou ao Barcelona, vindo do Liverpool da Inglaterra, o time catalão fez a segunda aquisição mais cara da história do futebol, atrás apenas da transferência de Neymar do próprio Barcelona, para o PSG, teve brasileiro saindo, Rafinha, que desde a base defendia o clube espanhol desembarcou na Itália para defender a Internazionale de Milão.

Na Inglaterra teve jogador trocando seu time pelo rival, Alexis Sanchez, chileno que defende o Arsenal, trocou o clube londrino pelo Manchester United, deixando os torcedores do antigo clube aborrecidos, na sua apresentação ainda disse que o novo clube era o melhor do mundo.

Outro caso de ” traição ” na janela de transferências do futebol europeu veio da Alemanha, o volante Goretzka, após muitos anos defendendo o Schalcke 04, resolveu se transferir para o Bayern de Munique, o jogador tinha proposta do Real Madrid, mas optou por defender as cores do velho rival do seu clube, sendo chamado de Judas pelos adeptos.

( imagem retirada do site IE.PT)